07 dezembro, 2005

Acabou a guerra de delfim

O titulo adapta-se perfeitamente à guerra de delfins na nossa nobre terra, levada a cabo para a sucessão do nosso imperador. Mas não: essa guerra ainda agora começou.
A guerra que me refiro é a do submarino "Delfim" que hoje irá efectuar a sua última imersão, após ter estado ao serviço da Marinha durante 37 anos.
Ao contrário dos delfins regionais, este Delfim já trabalha hà 37 anos, sempre a fundo e sem nunca meter água. È Obra!
Destes sim, vale a pena.
Agora regressa a doca seca (oferecido à Câmara Municipal de Viana do Castelo).
Segundo a página oficial da Marinha, este submarino é um da classe Albacora, foi lançado pela primeira vez à água a 23 de Setembro de 1968, em Nantes, e entrou ao serviço da Armada Portuguesa a 1 de Outubro 1969 sob o comando do então Capitão Tenente Costa Monteiro.
Durante a sua longa actividade operacional navegou 44 307 horas, das quais 30 743 em imersão, tanto nos mares do Atlântico, como no Mediterrâneo, participando em vários exercícios Nacionais e NATO.

Sem comentários: