27 dezembro, 2005

Dar de mamar!


Segundo a notícia do Jornal da Madeira, na sua edição de 25/12/05, uma cabra, em Machico, pariu cinco crias de uma “ninhada”. È obra sim senhor!
O problema maior agora é a cabra mãe, com apenas duas tetas, dar de mamar a cinco.
São estes imprevistos/milagres da natureza que não estamos ainda preparados, principalmente quando se trata de dar de mamar a muitos sem haver tetas disponíveis. E, tratando-se de mamar numa cabra, como é o caso, até o Quim Barreiros gosta, pelo menos lá vai cantando: “Eu gosto de mamar, nos peitos da cabritinha”.
Já vi este filme em qualquer lado, não sei onde: umas crias que, julgando-se mais espertas e mais fortes, mamam tudo, ficando as mais fracas debaixo das suas patas sem mamarem nada. Será?
Coitadas!

Sem comentários: