06 janeiro, 2006

A Justiça que temos!!!

Segundo o jornal Independente de hoje, uma brasileira que trabalhava num restaurante foi requisitada pelo Ministério da Justiça, sem concurso público, para ser coordenadora de gabinete de logistica. Contrato de 3 anos com salário de 1700 euros!!
A ser verdade, o que não me admira nada, cá temos uma das reformas da justiça do Sr. Ministro Alberto Costa!
A questão da brasileira trabalhar num restaurante se calhar era um handicap (cheirar a batata frita, servir à mesa, etc), e não lhe retirava mérito para trabalhar num gabinete. Veja-se também o caso de Mónica Lewinsky que trabalhava debaixo da mesa num gabinete, e pelos vistos era habilidosa.
A contratação sem concurso não significa que a dita "coordenadora de gabinete" não fosse submetida a qualquer prova de habilidade - a prova oral - pois segundo a noticia o seu superior hierarquico referiu que ela era a mais habilitada.
De facto a justiça é cega, pelos vistos a escolha foi feita pelo tacto, ou seja, às apalpadelas!

Sem comentários: