31 janeiro, 2006

Motorista do governo.

José Sócrates e seu motorista passavam numa estrada do Alentejo quando subitamente atropelaram um cachorro, matando-o instantaneamente. Imediatamente José Sócrates pediu ao motorista que fosse até à fazenda explicar o ocorrido ao dono do animal. Uma hora mais tarde, José Sócrates vê seu motorista voltar cambaleando, com um cigarro na mão e uma garrafa de uísque na outra, além da roupa toda amarrotada.
- O que aconteceu? - perguntou José Sócrates.
E o motorista respondeu:
- Bem, o agricultor me ofereceu esta garrafa de uísque, sua mulher, este maço de cigarros e ainda sua charmosa filha de 19 anos, que fez amor comigo apaixonadamente...
- Meu Deus! Mas o que foi que você disse para eles? - perguntou Sócrates.
E o motorista respondeu:
- Eu apenas disse isto: Sou o motorista do ENGENHEIRO JOSÉ SÓCRATES e acabei de matar o cachorro!

Sem comentários: