23 fevereiro, 2006

Coisas de deputado.

Hoje no DN:
"Conselho Superior do Ministério Público promete posição quando receber «elementos mais concretos» .
O Procurador-Geral da República pediu a João Carlos Gouveia os nomes dos magistrados do Ministério Público (MP) que o socialista acusa de «cobardia» face ao poder político madeirense...Para simplificar a tarefa do parlamentar, seguiu uma lista na qual são identificadas as mais de duas dezenas de magistrados em funções na Região..."
Não seria melhor o Sr. Procurador-Geral da República aguardar primeiro pelo resultado do exame de sanidade mental requerido ao deputado?
Esta de mandar uma lista de nomes dos magistrados do MP em funções na RAM e sugerir ao Sr. deputado que da lista identifique os "eleitos", faz-me lembrar o conclave para eleição do actual Papa, mas com uma pequena diferença:
Não vai haver fumo branco.

Sem comentários: