09 junho, 2006

Triste C(S)ena!

Às portas do Mundial, mesmo nas traseiras do estádio improvisado da Praça do Colégio, os Bombeiros Muncipais do Funchal em vigilia a pedir demissão, não do treinador principal, mas sim do adjunto, conforme documenta a imagem obtida ontem à tarde pelo Berdades.
O Fogo tá quente e não há bombeiro que o apague!

Sem comentários: