09 agosto, 2006

2 clubes em Santana.

Hoje nas Cartas do Desporto do DN, da autoria do Prof. Dionisio Caires, Presidente do Santanense.
Vem mesmo a propósito do repto lançado pelo Berdades no post de 26/7, cuja discussão tem sido muito participada (ultimo comentário é datado de ontem). A par disso encontra-se a decorrer o inquérito on-line. Participe também na discussão e votação!

17 comentários:

Anónimo disse...

O Senhor professor Dionisio é que poderia comentar o post do clube único, mas não o fez, foi para o Diário de Noticias. De qualquer modo há lá um comentario dum "entendido" que até parece dele e que eu concordo.

Anónimo disse...

Não percebo porque razão o presidente do santanense veio para os jornais se manifestar se se calhar ainda nem lhe deram conheciemnto da pretensão da UDS. Pelos vistos está a comentar noticias que vieram no diário e sendo assim mais valia ficar calado e não ter escrito a carta de hoje.

Anónimo disse...

Pelo menos teve coragem de falar. Agora da parte do Santana não se vê nada escrito. Saiam da toca e apareçam ao povo.

Anónimo disse...

Não sei porque levaram a sério esta história de unir clubes, pois se a mesma saiu da cabeça do presidente do Santana como pode ser para levar a sério? Ele já disse alguma verdade? Então, nem merecia perder-se tempo com isso.

H. Silva disse...

pois como se alguem acreditasse que os dois clubes vao tornar-se um só... por favor. é como nos fazerem crer no truque barato do "sorteio" de rifas da UDS. Santana devia até ter mais clubes desportivos, e clubes que k de facto estejam interessados em promover actividades para todos e nao exclusivamente para "atletas" e competiçoes. Onde é que estao as actividades de verao visiveis ao publico e passiveis de serem praticadas por todas as idades com treinadores e animadores formados?? Actividades nas praias?? aproveitar os jardins(só temos um) para actividades com idosos?? nao vejo nada disso..

Anónimo disse...

Como Moralista que sou...
Lamento estar em desacordo, mas creio que o Prof. Dionísio não teve "coragem de falar", como é referido por um dos comentarístas.
a) O Prof Dionísio teme é perder os subsídios que o alimentam, senão deixava-se de tretas, ele bem podia ter feito esse trabalho na uds, só que o Prof. nunca teve coragem para enfrentar quem quer que fosse. Daí saíu da uds e fundou o Santanense;
b) Prova de que o dito Prof. não tem coragem, é que veio "aqui deixar um comentário" sob o anonimato, em vez de deixar o nome, e depois tipo Virgem Ofendida dirigiu-se ao DN, com uma carta que... só fica bem a quem quer, mas não aos atletas, nem me refiro à massa associativa porque não têm, infelizmente;
c) No entanto, dou-lhe os parabéns pelo trabalho que faz e vai fazendo, óbviamente só não vê quem não quer. a questão que se coloca é: Quanto custa cada atleta no Santanense? Não é só dizer que tem X atletas federados quando se sabe que "inscrevem os miúdos das actividades de Verão" para contabilizar posteriormente para receber os subsídios;
d) Em relação à uds, deveria albergar todas as actividades e ser um verdadeiro clube, com dirigentes dignos de o serem, e com profissionais competentes, não com o "Cartão", muitos profissionais competentes (onde poderia incluir sim o Prof como Director Técnico para as modalidades ditas amadoras, etc etc), ele é melhor Técnico de Trabalho do que Dirigente (Político), e também não acho que seja um Bom Exemplo de Cidadão Atento ao Fenómeno Desportivo ou Coisa Parecida, pois fica muito aquém das espectativas em muitas coisas em que deveria ter agido e depois nem sequer reagiu, é pena;
e) Imaginem as sinergias que se aproveitavam com isto tudo NUMA só INSTITUIÇÃO, com infra-estruturas cada vez melhores como vão surgirndo felizmente, em vez de andarem cada um a dirigir a sua Quintinha, com custos exacerbados, com carrinhas e condutores, mais uns quantos que m***m e nada fazem. A Freguesia de Santana não tem adeptos nem massa associativa para um bom clube,quanto mais fará para 3 ou 4 clubes! Atentem por favor, não me estou a referir às outras freguesias, cada uma tem o direito de implementar a sua dinâmica social em função das suas exigências. Apenas refiro qeu destes modo parecemos uma Freguesiazinha qualquer (com separações mesquinhas);
f) As carrinhas (dos vários clubes)agora desdobram-se a fazerem mais uns servicinhos (refiro-me ao transporte de crianças para as escolas, por exemplo), não pela preocupação social do acto em si, mas sob pena de pederem os rios de grana que recebem e depois gastam ao seu belo prazer (na maioria das vezes mal gasto)...
i) Quem tem culpa disto tudo I? Os Eleitos Locais e Regionais, que se limitam a distribuir subsídios "à lá gardere" sem qualquer plano de... enfim... esqueçam, voçês percebem ao que me refiro. Estes também têm falta de coragem para tomarem posições neste e noutros aspectos acessórios;
j) Quem tem culpa disto tudo II? A irrespnsabilidade dos sócios da uds (já que os outros não tem sócios - pois eles são "sócios dirigentes"), que vão-se agaixando cada vez mais até lhes doer. Refiro-me por exemplo, às dores porque os carros saíram ao Presidente e não a outros.
Conclusão:
Sócios da uds - sejam responsáveis enquanto é tempo, exijam Órgãos Competentes, primem por uma estratégia de formação desportiva e humana como Santana merece e espera de voçês, em todas as modalidades. Pressionem o poder local para acabarem com esse exageros de subsídios, promovam o desenvolvimento de boas infra-estruturas, e fundam todos estes clubes. Façam juz ao nome "união desportiva santana".
Políticos- Tomem posições condignas com aquilo que prometeram, o "melhor para o Concelho" e se os clubes não se quiserem juntar cortem-lhes os subsídios. Apoiem a construção de infraestruturas à altura desta terra elevando desse modo o seu nome. E mostrem à população os resultados de 1 política consistente. Não vão fazer uma piscina para cada clube pois não? Como fizeram com as carrinhas, umas tantas para cada um! Não permitam que a população se divida, ou até se afastem destes fenómenos, e apelem à sua paricipação e envolvimento.
População- Exijam resultados e participem na união, porque todos somos poucos. Só assim Santana será digna de suas gentes, honestas e trabalhadoras.
Agradeço a todos os que se dignaram a ler tudo até aqui.
Também vou gostando de alguns comentários através dos quais me revejo, não tenho a pretensão de que só eu estou certo, mas estas cosias às vezes são demais para estar sem fazer nada.... Não? Ou pensam que Santana também não tem gente á altura, será preciso ser-se Dr., Eng., Deputado ou Vereador? Ah! Povo engando (como dizia o ....)
Agora aguardo com a porrada que me vão dar pelo que aqui foi escrito. Critiquem, mas pelo menos sejam educados, ou tentem ser, claro!
Parabéns ao Berdades, por permitir que estes assuntos sejam discutidos nesta paz de espírito.
Tenho dito, o Moralista Não Alienado.

Dionisio Caires disse...

Quando decidi abordar a questão da existência de dois clubes em santana através do DN, o propósito era o de alertar para a necessidade de mais espaços cobertos em Santana pelos motivos apresentados no artigo e não tanto a problemática de haver ou não um clube em santana. O direito ao associativismo não pode ser retirado assim sem mais nem menos. Além disso o conceito de clube já não deve ser o mesmo de há 15 ou 20 anos atrás. Um dos objectivos na criação do CDRSantanense foi o de levar a actividade físico- desportiva ao maior nº possível de pessoas do Concelho de Santana preastando um contributo na melhoria da qualidade de vida da população através da actividade de lazer e federada e em que os sócios seriam os praticantes ou pais dos atletas de forma a haver participação desportiva e na dinâmica do clube.

Anónimo disse...

Óh! Senhores, pensam que a areia está sempre a chegar aos nossos olhos?
Não sei porque justificar o injustificável.
Ninguém falava em associativismo senão houvesse tanto dinheiro envolvido. Logo, o associativismo deve ser desenvolvido por associados que pretendem desenvolver uma actividade conjunta e comum, ou partilhar das preocupações na defesa de um conjunto de princípios, etc, ou coisa parecida, vão ver ao dicionário, antes de invocarem princípios constitucionais e sagrados (como é o caso do Associativismo). O que se está a passar aqui em Santana, é uma meia dúzia de "Caça Subsídios", que dizem que desenvolvem e ou praticam o Associativismo, mas é tudo uma treta. Porque? Porque se acabassem os subsídios, fechavam-se muitas instituições, então aí eu queria ver estes senhores "donos da verdade" "pais do associativismo" fazerem o que fazem, ou falarem com a arrogância que falam. Aí, senhores (Dr.s, Eng.s e Prof.s), cuidem-se porque o Povo trabalha e sofre muito para vos andar a alimentar esse caprichos. Não criem associções ou clubes só para satisfazrem certos, ou os seus, caprichos.
Será que a uds não poderia desenvolver as actividades com o mesmo brio ou melhor que o Santanense?
Porque o Santanense vem com esta ideia inovadora de que os clubes já não são como à 15 anos?
Isso já se sabia. Pois o que havia a fazer? Era adptar a instituição que já havia (uds), ou implementar essa filosofia na referida instituição.
Era necessário criarem mais uma série de clubes como fizeram? (e neste caso não foi só em Santana- mas com os outros eu não me preocupo).
Ai, se os subsídios acabassem, eu queria era ver quantos dias estes senhores se aguantavam lá, ou quanto meteram lá do seu bolso, como nos querem fazer crer. (por isso ficam com calafrios quando é para apresentarem contas, não?) Mostrem essa transparência, para verem se isso vale a pena nessas condições!?
Mais espaços cobertos? uns quantos para cada clube, não? E depois cria-se uma Empresa Pública (de m*m**s) especializada em gestão de espaços desportivos, de forma a manter as gentes da terra, afastadas dos filhos, familiares, ou interesseiros que florescem nessas novas instituições.
Cada clube deve ter o seu Pavilhão, não é? Deêm mas é condições à Escola de Santana, porque está tem uns quantos de bons profissionais, para que a juventude não se perca e se sinta apoiada, enquanto os pais trabalham dignamente para pagarem impostos.
Olha para o Moralista, quanto tempo ele demorou a escrever aquilo?
Será que o Moralista ainda vai ser Alienado, por estas inovações que estes senhores andam aqui a fazer (criarem clubes ao desbarato)?
Mais um que anda aqui a escrever sobre o assunto.

Anónimo disse...

Mais quantas carrinhas querem para cada clube?
Mais quantas Infraestruturas para cada clube?
Mais quantos Dr. para as respctivas direcções?
Mais quanto de subsídio?
Será que a Banda, Grupos Folclóricos, juntos tem os mesmos previlégios? (estas instituições não são também caracterizadas pela longevidade de gente, exclusivamente de Santana?) Estas sim causam certas emoções aos seus "adeptos" principalmente emigrantes que saíram ao sacrifício pessoal, para mandar dinheiro para Santana, para estes senhores andarem a "Brincar-aos-Clubes"...
Estas duas últimas juntas, quase não têm tantas carrinhas como qualquer um dos clubes isolado.
Vejam o número de "adeptos" destas duas e façam as contas!
Continue Berdades

Anónimo disse...

Tou a gostar deste post, a coisa aqueceu e assim é que deve ser - DISCUSSÃO SEM "POUCA-VERGONHAS".
Até se deviam pronunciar as entidades responsáveis pela atribuição dos subsidios, essas sim, têm uma palavra a dizer, porque sem elas nada feito.
O Berdades está deveras de parabens, porque se não fosse o blogue onde iriamos discutir assuntos como este? Nos cafés da vila, perdão, da cidade?
Esperemos por mais comentaristas, porque realmente da discussão nasce a luz.
M. Silva

Anónimo disse...

Só com os comentários feitos sobre este tema da união dos clubes em Santana, o Berdades podia lançar um livro.
Foi bem pensado o tema, o qual despertou a atenção de muita gente, a julgar pelos comentários bem feitos e pertinentes, ainda que anónimos como eu, pois nesta terra, infelizmente, não podemo-nos manifestar livremente sem ficar marcado.
Parabéns ao Professor Dionisio Caires que teve a ombridade de revelar o seu pensamento tanto no Dn como aqui no Berdades identificando-se.
Continue Sr. Berdades que estarei atenta ao desenrolar da(s) situação(ões).
Uma fã do blogue.

Anónimo disse...

Cá para mim espaços cobertos, só se for um espaço condigno na paragem do autocarro pelo menos em certos lugares, pois "molhasse" até aos ossos, à espera do autocarro.
Nem todos tem hipótese de "terem guada-chuva". Com estes espaços estou de acordo. Mas estou com uma dúvida.... será que é a estes espaços que se referem aqui? (cabecinha pensadora)
Também não posso deixar o nome, senão.

Anónimo disse...

Dois ou três pontos são de destacar aqui: 1º a "acessa" discussão, muito proveitosa e sinal de que as pessoas estão interessadas; 2º a forma respeitosa com que os comentadores se tratam uns aos outros, o que não acontece em todos os blogues; 3º quase todos os comentáriso falam de Drs, Engs e subsídios, pois é, essa é que é essa, pelos vistos há muitos dirigentes que só lá estão por esse destaque que esses lugares lhes dão. E isso é verdade, vejamos os exemplos das confrarias da igreja, antigamente eram uns carolas, que lideravam (em comissão, penso eu...) e que se envolviam em tudo desde as actividades de recolha de donativos até à própria execução das festas respectivas. Nos nossos dias, são os ditos sr.s que lideram e as festas perderam identidade e os enfeites são comprados/alugados por medida!!! 4º, quem conhece o verdadeiro associativismo (não digo que a UDS ou Santanense não o sejam, pois não conheço na totalidade), sabe que por exemplo no continente onde existem milhares de associações dinâmicas, extremamente proveitosas para a população, com actividades transversais a nível etário, desportivo etc, e que vivem com tostões, mas onde há bairrismo, onde as pessoas se envolvem, onde as verbas são de donativos e do suor de cada um, pois as pessoas sentem as camisolas, e isso não acontece em Santana. A UDS por exemplo pelas verbas que recebe da CMS, é um clube concelhio e não se vê nos jogos viva alma de São Roque, do Arco( etc) o que representa o clube a esses cidadãos? Um sugadoro? Às tantas...
Lamento a extensão deste comentário, fica a desculpa de ser a primeira participação. Parabéns pelo blog.

Anónimo disse...

De moralistas está o inferno cheio.
O que eu acho é que é um desperdício fazer qualquer coisa que seja por esta terra cheia de invejosos.
Com que então querem mais subsídios para a banda!
- Então como é que ficamos, somos a favor ou contra os subsídios?
- Ou só somos a favor dos subsídios que nos convêm?
-Há gente aqui que, mesmo debaixo do anonimato, dá logo para ver quem são!
-Já agora, alguns dos moralistas devem procurar ajuda profissional para ultrapassar a vossa frustração de não serem drs., eng., ou prof.
- E agora, vou ser também moralista: o valor das pessoas não se mede pelo grau que possuem, há drs., engs. e profs. burros como uma porta, da mesma maneira que os há também no meio dos que não possuem nenhum grau académico.

Anónimo disse...

Parabéns à diversidade de comentários. Principalmente aquele que aborda as "milhares de associações dinâmicas" do Continente. Gostei muito mesmo, realmente trouxe mais coisas para a discussão.
Agora em relação ao outro comentário, fiquei triste. Triste porque:
-Existem Moralistas no Inferno e também existem no Céu, se enfiou a carapuça, nem merece crédito ... mas então aqui vai...;
-Não foram defendidos mais subsídios para ninguém, apenas foram feitas comparações, entre entidades que têm "GENTE de SANTANA". Se querem dar ao Grupo Folcórico e à Banda, dêm, não tenho nada a ver com isso. Deveriam era cortar os excessos, e isso é uma opinião. Devem medir os benefícios isso sim;
-Não dá para ver todos quem são, mesmo debaixo do anonimato. Como o comentarísta vê, também não consegue fazer melhor nem deixar o o nome. Já que pela forma que se expressou, e a falar desse pedestal, com essa irreverência, a roçar a menos boa educação que o canudo não lhe deu, deveria era deixar o nome também.
-A ajuda a que se refere, não é ajuda profissional que se diz, mas sim ajuda Psicológica, seja educado que lhe fica bem, e faça juz ao canudo mais uma vez. Estou mesmo quase, mas quase no Psicólogo. Veja se nos encontramos lá os dois, a mim o Psicólogo vai cobrar menos já que ao que parece o comentarísta tem canudo... Apesar de tudo não o invejo, se tem o canudo?! ficam desde já expressos os parabéns. Mas já que tem o canudo podia ser mais educado.
-Para terminar, se acha que os Moralistas vão para o inferno não se arme em Moralista, porque vai lá ter mais depressa assim.
-Pelo que disse no final, e só por isso, dou-lhe os parabéns, pois realmente as pessoas não se medem pelo canudo ou falta dele, no seu caso, olhe-se ao espelho. E interrogue-se e diga como se julga ou de que lado está?
Burros como uma porta? Isso quer dizer o quê? Não rebaixe os Burros, por favor.
Também não vi onde está o seu contributo na discussão ao tema aqui. Se acha que faz muito, e fala em invejosos, exponha lá o seu caso ou as suas ideias, que vamos "dissecar" o assunto, e depois veremos onde estão os invejosos. Pode ser?
O Moralista ainda anda aqui.

Anónimo disse...

Começo por pedir desculpa ao anónimo anterior, por reconhecer que terei cometido excessos no comentário que teci.
Não irei rebater os os seus argumentos porque isso não traria nada de enriquecedor à questão essencial, que é a da existência de dois clubes em Santana.
Por último,apenas possuo o 12º ano mas não será por isso que irei disparar, de forma generalizada, contra os detentores de alguam licenciatura, o que, felizmente, já vem sendo frequente neste concelho.

Bem haja.

Anónimo disse...

As pessoas revoltam-se com tudo.
Agora falam dos subsídios, das licenciaturas que alguns habitantes de Santana possuem. Quanto a este segundo aspecto acho que é positivo, a população necessita de formação para poder evoluir. Se calhar alguns subsídios deveriam ser atribuídos para formação das pessoas, que já estão à muito tempo a viver na ignorância.
Uma coisa é certa o blog que você gere virou um local de debate, mesmo de assuntos que as pessoas não percebem ou que apenas comentam em cafés.
Numa terra pequena como Santana onde tudo se sabe, de certeza que as pessoas comentam e falam das mensagens deixadas neste blog. Pelo que já li, considero que alguns comentários são exagerados e demonstram que as pessoas baseiam-se em argumentos que muitas vezes ouvem de outras pessoas.
Como diz aquele velho ditado quem conta um conto acrescenta um ponto.
No blog fala-se de clubes, de subsídios, mas ninguém fala da necessidade de apoiar aqueles que realmente precisam. Proporcionar actividades para as crianças que habitam este concelho, tentar fazer alguma coisa sem estar à espera de protagonismo, o que parece complicado de ser feito em Santana.