14 fevereiro, 2007

nAMORados

Hoje é o dia deles (nAMORados), mas também de muito negócio. O padroeiro do amor, São Valentim, concerteza era materialmente pobre, mas rico em amor e bondade e é pena que neste dia prevaleça, em muitas mentes, o sentimento materialista em detrimento do afectivo. Que seja então, com ou sem namorados, com ou sem presentes, o dia do AMOR berdadeiro!

2 comentários:

Anónimo disse...

Dia dos Namorados??? Isso não é todos os dias?????
Quando existe amor não é preciso um dia especial, mas sim TODOS.
Mas quem quer gastar alguns € é sempre uma nameira de dar algum movimento ás lojas que estão com pouco movimento e com vendas em fracas.....
"VIVA O AMOR" e já agora VIVA S. Valentim.
Muito AMOR para todos.

Anónimo disse...

Tem toda a razão.O AMOR hoje é pensado e sentido pelo bolso ou melhor com a carteira, ou cartão de crédito.
Pode até não haver beijo ou amasso mas presente lá isso tem...
Que pobreza....
Gosto de sentir o Amor subir pela "espinha" não descer pelos "olhos".