07 abril, 2007

Uma reliquia, muitas memórias.

Faz parte da história mas ainda funciona, se bem que com algumas adaptações interiores, face aos tempos modernos, nomeadamente um fogão de " bocas" para acelerar a cozedura. Uma cozinha coberta de colmo; Uma lareira a lenha; um forno de cozer o pão-de-casa. Antigamente haviam muitas, mas hoje são mesmo raras. Esta ainda existe, e não é para inglês ver, fica situada no Sitio das Eiras, freguesia e concelho de Santana.

6 comentários:

Anónimo disse...

este e outros casos de pequenas relíquias do passado, são votadas ao abandono porque tem direito, mas que ao serem lembradas por outras pessoas não sao bem aceites apresenta-se ao turista falsas casas típicas ou então mandam pintar palheiros de zinco com cores do restolho como fizeram na Achada de Marques Ilha de S.Jorge para Ingles ver como palheiros de restolho e não admitem que lhe diga nada porque eles são os donos da verdade e ate para isso conseguem subsidios. bem haja Berdades.

Alexandre Mendonça disse...

Poucas foram as cozinhas que vi assim, mas fico contente por saber que há ainda quem mantenha a sua cozinha.

Anónimo disse...

O Berdades merecia um prémio só por ter descoberto e divulgado esta preciosidade. Pena não estar com fumo, porque lhe daria um ar mais tipico. Bem me lembro da cozinha de minha avó ser assim.
Bom trabalho, sim senhor. Continue!

rochefort disse...

A casa do lume...

Recordo-me cheio de saudade
aquela pequena casa em que vivia,
eramos pobres, gentios,
mas à volta daquela lareira
reinava sempre alegria!
Desde o ventre de minha mãe
senti o calor
emanado daquela lareira
ela sentada no chão
e o pai...
no cesto que fazia de cadeira.
O fumo que de lá saia
escurinho como breu
tingia o restolho, perfumava o ar...
Nas noites de chuva torrencial
quem não se lembra do cheiro do cedro...
Santa Bárbara Virgem livrai-nos deste mal...


Bem-haja compadre Jodé por mais este grande "post"!

Ana disse...

Esta cozinha é sinónimo de muitas histórias, de muitos e ricos sabores, inesquecíveis, inigualáveis, e que certamente deveria ser preservada para inglês e português ver(sobretudo para aos nossos jovens, habituados às modernices e a que tudo lhes caia do céu)porque são o testemunho de épocas de muitas privações e dificuldades. Só espero que esta seja mesmo relíquia.

Clarisse disse...

Excelente ideia colocar aqui estas fotos maravilhosas!!! Adorei ver!!!Fez-me recordar momentos inesqueciveis da minha infancia.
São estas coisas que fazem parte integrante das maravilhas de nossa terra, nem sempre valorizadas; Um bem haja para quem não deixa morrer as tradições.