31 julho, 2007

Estudantes Universitários.

Marcaram encontro para ir à praia do Faial, à missa na Igreja de Santana, jantar no Restaurante Malta Gira (Santana) e Discoteca (Bar Mx) em Santana. Isto tudo na Sexta-Feira passada e com a promessa de participarem (e participaram) na procissão da Senhora Santa Ana, no Domingo. Assim foi o primeiro de muitos encontros que os jovens universitários de Santana pretendem fazer. Nem todos responderam à chamada, pois o encontro foi marcado em "cima do joelho" e, como tal, muitos jovens já tinham assumido outros compromissos. Quem respondeu à chamada foi o Berdades, que não podendo comparecer na praia nem na missa, apresentou-se ao jantar e adorou a confraternização entre os promissores doutores e engenheiros, os quais entoaram vários rituais académicos por entre copos e canções, mas sempre com medida (andava um levadeiro de serviço!) e contenção, pois a presença do Sr. Padre Rui assim obrigava!
Finalmente, realce para nosso blogue que é visto por mais de 80% dos jovens estudantes universitários de Santana, e não só, que frequentemente aqui vêem as últimas da sua terra. A todos, o nosso muito obrigado e felicidades nos estudos.

13 comentários:

Anónimo disse...

Um bem haja pela iniciativa, que apesar de tardia, revela que Santana é um concelho promissor. Parabéns aos universitários e creio que as entidades, a exemplo do que se faz noutros concelhos e freguesias, já deveriam ter pensado mais cedo em proporcionar estes encontros em Santana.
Faço um apelo para que apareçam mais vezes e em maior número.

Anónimo disse...

Este tipo de iniciativas é sempre de louvar.
Fiquei com uma dúvida. O encontro foi para alunos da freguesia de Santana ou foi aberto a todos os do concelho?
Acho que deveria ser mais divulgado para que todos os alunos tivessem conhecimento.

Décio disse...

A iniciativa foi proporcionada para os jovens da freguesia de santana... contudo tivemos três colegas de outras freguesias, e pensamos no ano que vem alargar ao concelho! Já hà muito que vinhamos a pensar em iniciativas do género, mas é sempre dificil juntar toda a gente. Para o ano que vem faremos algo com mais preparação e divulgação.

O Objectivo é fazer com que o espirito académico cresça nesta Jovem cidade, e mostrar ao povo de santana que tem jovens das mais diversas àreas na universidade!!!!

O nosso muito obrigado ao senhor padre e ao berdades que poderam contribuir da melhor forma neste encontro. E um abraço ao Hugo que pode nos proporcior tudo isto...

Saudações Académicas,

Décio Silva

Anónimo disse...

É isso!!!!Já estou a ver daqui a uns anos um encontro de malta só com curso superior...é preciso é acabarem rápido, porque os vossos paizinhos é que se estão lixando, e tem uma vida dura...e já agora espero que não se esqueçam da malta mais humilde da vossa terra, pois há alguns que já não reconhecem antigos colegas. Não percebo como é que em tão pouco tempo lá, chegam cá a falar continental.

Alexandre Mendonça disse...

Aiii ricas fotos.

Um muito obrigado ao berdades por este registo.

O Décio tentou explicar, mas não sei se conseguiu. É porque este encontro não era para ter acontecido tão cedo, aliás como refere a "notícia" foi marcado em "cima do joelho".
Mais se informa que se pretendem realizar outras actividades ainda no decorrer deste verão, e esperemos que contem com a participação de mais universitários quer sejam da freguesia de Santana ou não.
De referir que existe sempre uma dificuldade acrescida quando não se tem o contacto de todas as pessoas, porque temos noção que aquilo a que se pode chamar de encontro é uma coisa que chega a todos quantos queiram participar, e não apenas a um grupo reduzido de pessoas como aconteceu desta vez.

Haverão outras oportunidades, onde certamente teremos maior participação, porque teremos maior divulgação.


Quanto ao comentário do último anónimo seja para mim ou não eu vou enfiar o barrete, porque se tal anónimo fosse homenzinho ia falar com a pessoa e não fazer queixinhas no berdades, e sim os nossos pais matam-se a trabalhar e nós um dia havemos de retribuir tudo o que fizeram por nós nesta fase tão importante.

Anónimo disse...

Estas iniciativas são sempre de louvar, e que as próximas possam ter ainda mais estudantes.

Fico com imensa pena que na minha altura não se realizassem iniciativas destas, pois eu eu iria adorar (Na sabes que é?), até trazia a minha tuna.....

Alexandre organiza um para antigos alunos Universitários......

Juan Batista

Anónimo disse...

A iniciativa é de louvar, sim senhor! mas é pena que haja em Santana muita gente com memória muito curta, pois este não foi o primeiro encontro de alunos universitários em Santana ...
vá lá puxem pela memória ...
bem parece que há muita gente a querer esquecer berdades antigas ... e assim o berdades deixa de ser berdadeiro ..

Anónimo disse...

Puxando pela memória, afirmo que a Junta de Freguesia de Santana já promoveu pelo menos dois jantares convívio de estudantes universitários da freguesia. Já recebi o convite para o próximo jantar que terá lugar no dia 17 de Agosto Sexta feira.Louvo a inciativa, mas poderia fazer-se uma parceria entre a Junta e a Paróquia.

Anónimo disse...

Claro que não é o primeiro encontro, aliás é o primeiro para eles/as :)
Deixem-nos "falar", para onde vão eles tem de apreender mais algumas coisas, por isso ainda vão a tempo e fazem bem. Muitos parabéns pela iniciativa claro, é de louvar.
Gostei daquela, então a Tuna já se diz "minha"? Muito fino né? Parabéns Prof. e não se ofenda, lol estava a brincar :)
Em qualquer dos casos, estes encontros são de amigos que andam na Universidade, não são todos, mas são alguns. Porque? porque nunca convidam todos, ou pelo menos não divulgam para que cheguem a todos, é assim que se começa a ser hipócrita ou sem malícia, será? Pois Santana sempre teve muitos Universitários, infelizmente alguns realmente tornam-se mais "peneirentos" e não se misturam com os demais, e até deixam de falar a língua da terra... nem dizem "semilhas", não porque não saibam o que é, mas porque andam na Universidade, e têm vergonha das origens, acertei? Natal já a falar "cubano" ...lol e depois os burros somos nós que andamos por cá no burgo.
Não quer dizer que os nossos filhos não andem na Universidade porque não tem capacidade, mas porque a vida torna-se madrasta para alguns..., é a vida.
Parabéns a quem consegue ir e voltar com o curso, mas lembrem-se de onde são e de serem humildes sempre.
Cumprimentos académicos a todo Mundo :)

Anónimo disse...

Olá,
Porque é que o Prof. Juan não organiza um para antigos universitários? Não tem tempo ou humildade de o fazer? Já é dono da Tuna, é por demais importante?
Não sei por que tanto espanto. Aproveita Alexandre, quando fores antigo universitário, organizas jantares dessa categoria, para já limita-te a gozar o teu tempo, aproveita-o bem porque passa depressa, logo logo é provável que tenhas saudades.
Parabéns pela iniciativa, que não é a primeira de modo algum. Força nas canetas :)

Anónimo disse...

Concordo com o Juan, podiam organizar encontros para as "velhas glórias", eu apesar de casada e já com um filhote ainda estava capaz de erguer o traje académico e divertir-me à brava. até porque só passaram 7 anos desde o final de curso....
Já agora a Junta e a Paróquia também podiam lembrar-se de nós!

Anónimo disse...

boas fotos outra vez
en grande foco os meus sobrinhos Decio, Fabio com o copo na mao,so lhes desculpo que era uma festa.
ainda bm que se lenbram de fazer esta jantaradas pena que nao havia no meu tempo
picoruivo (silva)

Anónimo disse...

Por acaso não tenho título de propriedade da Tuna.... mas dei muito de mim aquele agrupamento.

Há pessoas que falam dos estudantes sem saberem as dificuldades que estes passam... preferem comentar a vida boémia dos mesmos....como se essas pessoas não tivessem uma vida boémia nas mesmas fases da vida só que em outros sítios (explorando os pais também)!

Quanto a organização do jantar para ex-estudantes universitários é difícil concerteza mas a alguns meses atrás também foi difícil fazer um jantar com antigos alunos da escola B+S Bispo D. Manuel Ferreira Cabral, mas realizou-se...

Bem hajam aqueles que elogiam estas iniciativas.

Juan Batista