10 setembro, 2007

Sem papas na lingua.

Quem não se sente não é filho de boa gente. Assim diz o ditado.
A propósito disto, ler o post publicado no blogue da Casa do Povo de São Roque do Faial, a respeito da dualidade de critérios da Câmara Municipal de Santana sobre o apoio às instituições do concelho, onde refere que uns são filhos e outros enteados.
"Tão atremando"?

5 comentários:

Municipe disse...

Até me admira como é que o sr. presidnete daquela casa do povo teve coragem de escrever aquilo. Já deve tar de saco cheio porque ele é da mesam cor da equipa camarária.

Anónimo disse...

felicito o presidente da casa do povo pela coragem :)

Maria disse...

É tudo para a União Desportiva de Santana, o resto que se amanhe.
Muitos parabéns ao Prof. Heliodoro pelo alerta, ele pelo menos, apesar de ser do mesmo partido, tem coragem de dizer o que pensa e não é como a maioria dos presidentes das associações do concelho que falam e pensam pela cabeça dos outros.

Anónimo disse...

axo bem que os santanenses vão acordando od sono em que tao metidos, não se justifica andar a sustentar uma porcaria de um equipa de futebol que além de nao fazer nada pelo nome da terra nao tem qualquer interesse à população. A câmara ao menos que dê os apoios a instituiçoes que promovem iniciativas para o publico em geral e se me disserem que a uniao desportiva ou mesmo o santanense o têm feito é pura ilusão eu tou aki e nao vejo nada para o cidadão comum fazer ao fim de semana e os taxos sao sempre os mesmos para os mesmos palermas. Reclamem e organizem-se passeios e iniciativas para todos e acabem com os apoios para os desportos que nao trazem nada a nao ser despesas. futebol tamos todos fartos e para mais de futebolistas que nao são de cá e vivem à custa do nosso dinheiro. A camara nao sabe onde gastar o dinheiro? abra um concurso de ideias

Rui Caetano disse...

Quero manifestar aqui o meu apreço pela atitude ousada e corajosa do presidente da casa do povo por falar dos verdadeiros problemas que afectam o seu concelho. Mesmo que as reacções ponham em causa o PSD, em primeiro lugar, há que defender os munícipes. Os monopólios têm de acabar,por isso, há que reagir.