16 outubro, 2007

Anonimato até onde?

"...SALVO MELHOR OPINIÃO, E PARTICULARMENTE A SUA, SUSTENTO QUE NÃO É BOA PRÁTICA DAR ACOLHIMENTO A COMENTÁRIOS ANÓNIMOS, NO SEU SIMPÁTICO BLOGUE. QUANTO A MIM AS FONTES DEVIAM SER IDENTIFICADAS, COM A GARANTIA DO MAIS RIGOROSO SIGILO.DAR PASSAGEM AOS ANÓNIMOS É SECUNDAR A IDEIA DE QUE NÃO SE PODE DEITAR DA "BOCA PRA FORA" O QUE SE PENSA (CLARO QUE RESPEITANDO A HONRA DOS OUTROS). ESTE EXPEDIENTE DO ANONIMATO NÃO É BOM NEM PARA O EXERCÍCIO DA CIDADANIA, NEM PARA O DA DEMOCRACIA PORQUE COMO JÁ FOI DITO "A DEMOCRACIA TAMBÉM É O EXERCÍCIO DO DIREITO DE DIZERMOS AOS OUTROS AQUILO QUE ELES NÃO GOSTAM DE OUVIR". TEMOS TODOS O DEVER CÍVICO DE FAZER A PEDAGOGIA DA PRÁTICA DESTE DIREITO CONTRARIANDO OS MEDOS E OS PUDORES."

Assim, desta forma, foi recebida a mensagem supra a propósito dos comentários feitos no berdades sob a forma de anonimato. Certo é, também, que este assunto já foi debatido neste blogue, ainda que não fosse abordado em nenhum post, muitas vezes foi referido em diversos comentários. Também na blogosfera muita discussão tem causado. Agora é a vez de nos debruçarmos sobre o anonimato e, partindo da missiva acima transcrita, vamos saber o que nos dizem os visitantes Berdadeiros.

17 comentários:

João M. R. Alves disse...

É de facto mais fácil, comentar em anónimato, mas quando assim é , raramente são comentários, mas sim criticas, e como as verdades por vezes magoam e transformam-se em discussões, podendo até ser prejudicial, devido ao conteúdo da critica.
Sendo assim moderem os comentários, e acima de tudo sejam responsáveis e identifique-se.

Ps: lembrem-se que os Bolgs não são as "cartas do leitor" do diario, hehehehe

Anónimo disse...

Gosto de ver alguns comentários pseudo-intelectuais, muito mansinhos e tal e coisa.
Repare-se uma coisa, o que deveriam questionar era:
1 - Porque há tanta gente a comentar e não dar o nome?
Este é que é o problema... será porque:
- Estão a dizer alguma coisa da familia?
- Porque estão a dizer mal de si próprios a ver o que pensa a comunidade?
- Teêm medo de perder o emprego?
- Podem ser expulsos ai do partido que domina o Burgo?
- Pode haver represálias contra alguns familiares?
Estas é que são as questões sem reposta. Porque excepto algum ou outro comentário, todos são importantes. Porque não?
Porque alguém tão imaculado julga-se acima de ser comentado? Algumas pessoas têm medo de serem faladas, apesar de fazerem (claro) tanta porcaria.
Revolta-me isto, pois eu tenho as perguntas e algumas das respostas, e já as senti na pele. Por isso infelizmente não deixo o nome, e com pena mesmo, porque agora estou muito longe, mas óbviamente tenho muita familia aí.
Mais, reparem no tipo que é o Blog, pelo que me apercebo não é um Jornal com intereses comerciais como alguma gentinha pensa. É uma mercearia, que aborda tudo e todos.
Passar bem.

Anónimo disse...

O Post está bem captado, parece que é um comentário de um político qualquer, tipo "quantos são? quantos são?" ou tipo caçador de patos, "deixem-nos pousar". Querem saber os nomes para deposi lhes acertar o passo, como estes políticos são honestos. Vê-se mesmo o quanto angélicos que são, sem interesses empresariais, sem quererem calar as vozes que se lhes opoem, enfim.
Escutem-se os discursos e observem-se as atitudes antes da eleições, e vejam o que fazem quando estão lá. É mesmo tudo gentinha séria.

Anónimo disse...

Desculpem a minha falta de visão, mas onde está a identificação do autor da missiva" ...anonimato até onde?".
Caricato...
Ps: anónimo não identificado mesmo.

xana disse...

entao... e o autor desse post também é anónimo???

Alexandre Mendonça disse...

Se todos (inclusive eu) fossem ao dicionário ver o significado de crítica, de "Democracia" e de tantos outros conceitos talvez não nos esconderíamos por detrás do anonimato, mas esta é a "cultura política" que temos, se duvidam aproveitem quando forem ao dicionário e vejam o significa de política também.

Abraço a todos especialmente aos que demonstrando um maior nível participativo, o fazem sem se esconderem no anonimato.

Berdades disse...

Ponto de esclarecimento:
1º - O post em discussão foi feito pelo Berdades, aproveitando uma mensagem particular, recebida por correio electrónico e devidamente identificado o seu autor;
2º - Nem o autor de tal missiva sabia (não sei se já sabe) da intenção do berdades publicar parte do seu conteudo, pois achei pertinente, partindo daquele principio, abrir o debate sobre o anonimato neste blogue;
3ª - Curioso, que dos comentários até agora feitos, só os "anónimos" se preocupem com a falta de identificação do autor do pensamento aqui postado!!
Comentem à vontade a ver se nos conhecemos melhor!

Anónimo disse...

Acho muito bem o berdades tomar esta iniciativa e a par disto que também tire e possa aplicar o resultado da sondagem, pois assim fica a conhcer melhor o que os visitantes pretendem.
Quanto ao cerne da questão eu defendo o anonimato do comentário se assim o desejarem, mas que o mesmo seja identificado perante o administrador do blogue para onde lhe deviam remeter por correio electrónico ou outro meio, o correspondente comenmtário pedindo o anonimato, como estou a fazê-lo agora e sempre fiz sempre que comentei neste blogue.

Carmo Mendonça disse...

A partir do momento em que os comentários passam pelo dono do blog, podendo este filtrar algum com conteúdos menos próprios, não vejo qualquer problema no anonimato. Será que agora os polícias do Engenheiro Sócrates já chegaram ao berdades?
Será que o Senhor do post se sentio ofendido com algum anonimo?!

Anónimo disse...

chega de debate sobre esta temática porque nao vale a pena pois eu e muitos de vós que por aqui passam sabem bem que dependendo do tema e aquem querem atingir eis o que fazem,
uma vez anominato outra vez identificam-se como ja me sucedeu.

sejam inteligentes e encontrem temas discutíveis e interessantes

desta vez nao volto a me identificar


passem bem e muita saude para todos

Regice disse...

É positivo que os visitantes façam comentários aos temas postados no blogue, uma vez que isso dá ao autor um incentivo para continuar o trabalho. Mas o bom senso deve imperar, uma vez que o "director do blogue" não tem de assumir a responsabilidade por comentários menos próprios que possam surgir, face aos temas expostos.
Penso que o Sr Berdades tem procedido de forma exemplar, uma vez que quando surgem comentários mais efusivos ou explosivos, emite notas de redacção esclarecendo algum mal entendido…
Reflectindo mais um pouco, surge-me a questão: até que ponto uma identificação (que pode ser verdadeira ou não) tem credibilidade, dado que pode constar qualquer nome no comentário…
Analisando bem, virtualmente somos todos anónimos!

Anónimo disse...

Falem bem ou falem mal, o importante é que falem!
;)

Anónimo disse...

Estou inteiramente de acordo com o segundo comentador. É longo mas completo e a quem enfiar a carapuça não a tire nunca mais.Infelizmente é necessário o anonimato para que muitos de nós digamos o que nos vai na alma. E já agora, quem nunca o fez? Só não o fazemos quando o assunto é do nosso interesse e não nos prejudica directa ou indirectamente.
Encontrem-se assuntos mais pertinentes para discussão e que suscitem interesse nos visitantes!

sao jorge disse...

Anónimo
O anonimato será um poder de denúncia, de crítica confortável, ou um cobarde disfarçado de máquina de lavar roupa. Pois, se tens de fazer um comentário num blog, num site ou mesmo num jornal, ou ainda em praça pública deves de dizer o teu nome porque é pelo teu nome que és tratado. Penso que nenhum familiar ou amigo te trata por anónimo: - Oh anónimo, vem cá. Se te identificas por anónimo é porque és cobarde e tens medo de enfrentar a vida, o touro pelos cornos. Ao menos devemos respeitar o nosso nome, foi por esse nome que o pai preveniu várias quedas. Foi por esse nome que os teus amigos te cantaram os parabéns. Foi por ele que a tua professora te chamou ao quadro. E agora tens uma opinião sobre qualquer assunto que seja e tens vergonha do teu nome e chamaste anónimo! Chamar-te-hei cobarde.
Contudo, longe de mim armar-me em Padre António Vieira ou em Séneca.
Por outro lado, o anonimato, por vezes disfarçado de pseudónimos divertidos, permite-nos de uma forma descomprometida criticar ou elogiar autores. Por isso compreendo perfeitamente os anónimos

Anónimo disse...

A Bilhardice e a má lingua são características muito comuns da sociedade madeirense e da santanense em particular. Não é por acaso que a festa dos compadres decorre em Santana. É uma coisa que já está enraizada e uma das virtudes do Berdades foi sofisticar essa bilhardice, pelo menos inicialmente, uma vez que agora adquiriu o estatuto de jornal oficioso das iniciativas do concelho, coisa que tem feito com grande primor.
Quanto à questão do anonimato, é usada muitas das vezes para expressar o que vai na alma de algumas pessoas (não confundir com o povo) e, na minha humilde opinião, caso o mesmo passe a não ser permitido, perde-se o único espaço onde é possível um desabafo sobre determinados aspectos, normalmente relacionados com o poder instalado.

Anónimo disse...

O anonimato, já que se fala de democracia, tb é um direito. A pergunta que lanço é a seguinte: com que autoridade pode um indivíduo que usa um pseudónimo criticar quem comenta sob anonimato?
Comentar, criticar, pensar por si próprio, isso é que é importante, numa terra em que se vive (a maior parte) aos rebanhos. Comentem à vontade, tendo sempre por base o respeito pelo outro e por outras opiniões.
E já agora... assino ANÓNIMO!

Carmo Mendonça disse...

Este post é ja do ano passado e no próximo ano ainda não vai haver conclusões...

Se os anónimos comentam de forma a denegrir ou prejudicar alguém, só o vão conseguir se o dono do blog o permitir.
A partir do momento que todas os comentários passam pela sua aprovação,é ele o responsável por tudo o que aqui se escreve.

Anónimos ou não, ele é que deve escolher!