23 novembro, 2007

Carta ao Compadre Jodé.

A missiva foi recebida por email e aqui se publica na integra:
"já tenho suídades de falar consuigue e meme precise!
compadre Jodé amode que anda de beiças se calhar já sabe tamem doqueles andem a fazer... hora o quê que jodé não sabe... e logue do mercade!!!
compadre já sabe canda umas léizes que semes obrigades a pôr do palheire ventalhadores,tulvisão, limpar o palheire tudo dias e deitar dezinfétante. eu cá nem em casa se fasse isse! eles meme tão fazende coisas do folane largar tudo da
mão! cande eles quizer carne regiunal eu vou lhe dezer onde é que tá... já vie estas léizes do diabe que estes estepores querem agora! a quele sacaninha do "socretes" que tem um canudo da independente e é porisse que ele pode fazer o que lhe vér aos cornes... e coitade é do folane...e o compadre já tem estas léizes todas do palheire?
olhe um abráço e adespois diga-me alcoisa que se for precise vai-se lá baixe meme cai botas cheias de bosta fazer uma manidesfeitação...se eles fizerem ouvoides de mercador eu vúa em minha pessa-a lhe deitar uma carrada de bosta na porta da assembleia, pa cande eles saíren escorregarem cas alprecatas e ao memo tempo serve de buffele e põem ei meias brancas ainda mas alvinhas, fica tude quaradenhe!"

7 comentários:

Anónimo disse...

Seria o ideal ter o gado nestas condições. Sem dúvida.
Agora pergunto:
O legislador pensou no agricultor, sem poder económico, que não pode de maneira nenhuma cumprir estas recomendações.
Por vezes penso que o homem (político)é uma autentica fera. E empresta à fera sentimentos humanos.
Talvez por isso, quer vêr o gado viver com mais dignidade, que o próprio ser humano.
MFFreitas

Bragada disse...

Não atremei metade desat carta mas parece que tá bem escrevida!

Anónimo disse...

eu ca pense ke ixo vai memo aconatecer.. eses politicos da merda querem é uma bolacha nas beixas , nem eles andam come as vacas que tenho no palheiro bem asiadinhas,,eles querem é calor nas arcas..comexande pelos daqui de santana e entao depois vai aiete por ai aabaixo..abraço compadre daqui da comadre ana massaroca

anóninmo disse...

Mas sabem da ultima, a senhora engenheira( com um canudo parecido com o desse socrates), responsavél pela introdução dos produtos regionais nas grandes superficies diz que as Cenouras regionais "não prestam para nada", porque são muito grandes e não tem valor nutricional!
Pergunta: E depois senhora engenheira o que mais não presta, as "semilhas", as batatas, a banana?
Bem tenho quase a certeza que se lhe oferecesem um saco,ela de certeza que não rejeitava.
Vamos bem vamos, qualquer dia vai ser proibido plantar seja lá o que for...

João M. R. Alves disse...

Será que o Google tem tradução para esta carta? é que não apanhei metade, rsrsrsrsr

Anónimo disse...

"Amanhã, em vez do compadre josé que ainda não percebi o que ele anda aí a fazer já que o homem nem falar sabe e troca tudo e todos, acho ate q nem de agricultura percebe, o homem se calhar não tem culpa, mas ao menos podiam ter uma pessoa com mais instrução, levem o senhor comissário e ficamos todos mais esclarecidos com coisas importantes.Beijinhos para todos, menos para o comapdre josé, porque deve tar cheirando mal." Como é possível que alguém seja tão...ignorante e escreva disto no blog da antena 3?? Afinal parece que quem não tem instrução é a dita senhora. Continue compadre. É tão bom chedgar à sexta e ouvi-lo!
Beijinhos para todos e em especial para si compadre Jodé.

H. Alves disse...

Grande compadre Jodé, sempre em cima do acontecimento, "aquintrodia ameçê inda vai do parlamento, p´ra diputado"

Cumprimentos do Alentejo