02 dezembro, 2007

Encontro de Corais.

Nem sempre coral é sinónimo de cerveja! E hoje, foi um dia desses: pelas 16 horas, no Salão Paroquial de Santana realizou-se o V Encontro de Grupos Corais da Cidade de Santana organizado pela da Casa do Povo de S. Roque do Faial. Participaram neste encontro 4 grupos corais oriundos de diversos pontos da região: Grupo Coral da Casa do Povo de S. Roque do Faial, Grupo Coral e Instrumental da Casa do Povo da Ponta do Sol, Grupo Coral CDRC dos CTT e Grupo Coral de São Vicente.
Foram cerca de 2 horas de excelentes actuações, pena a pouca assistência local, pois a maioria era de fora, que não chegou para completar o salão.
Clique na imagem para ver em tamanho maior

8 comentários:

Anónimo disse...

Muitos parabéns à Casa do Povo de São Roque do Faial pela organização deste encontro e pelo seu dinamismo. No futuro este encontro de Grupos Corais, deverá marcar o início da festas de Natal do concelho de Santana.Foi pena estar pouca gente de Santana a assistir.

amsf disse...

Mas afinal onde estão as corais?

Ceregi disse...

A população reclama que não existem actividades culturais. Quando surgem as oportunidades não as desfrutam. E isto não é só em Santana!...

Anónimo disse...

Parabens à Casa do Povo de São Roque do Faial por mais esta actividade.
Pelas imagens parece que a assitência não foi má.
Se foi de Santana ou não isso hoje já não interessa. De qualquer modo para aqueles que dizem que em Santana nada se faz, aqui estava uma oportunidade para terem participado, o que parece não foi o caso. Falar é fácil...

Casa do Povo São Roque do Faial disse...

Agradecemos os comentários anteriores, mesmo os anónimos, pelo reconhecimento por este encontro organizado pela nossa instituição.
Aqui fica, também, um agradecimento ao Sr. Marcelino pela presença no evento e pela fotoreportagem que apresentou neste espaço. Uma excelente maneira de divulgar aquela iniciativa cultural.

Dinarte Freitas disse...

Oi Marcelino,foi e é com muito gosto que tive oportunidade de visitar este site, pois é com muita satisfação que vejo que ainda existem pessoas como tu que se preocupam em divulgar a nossa cultura, que ano após ano se vai perdendo. Pelo menos é o que vejo acontecer aqui no Funchal, onde se faziam os tradicionais tapetes de flores, as festas com flores de plástico a ornamentarem o local festivo, aos jogos tradicionais que vão sendo substituidos por outras tecnologias, etc, embora o avanço da tecnologia seja importante para os nossos dias, nunca deveremos deixar "morrer" as nossas tradições e costumes e no norte da ilha é onde se regista esta perseverança. Boa Sorte para o teu trabalho e para aqueles que contribuem directa ou indirectamente para o mesmo.Abraço

Rocky disse...

INACREDITÁVEL!
Um encontro de grupos corais para grupos corais. Não houve adesão da população, muitas cadeiras vazias e as ocupadas eram dos grupos convidados!
Afinal vale a pena fazer se as pessoas não participam?

Anónimo disse...

claro que vale a pena.. so assim é que se conquista o publico. se n se fixer nada , santana nunca ira para a frente :P