30 abril, 2008

O que lhe vai na alma XI.

JOSÉ CARLOS ABREU
50 anos de idade, funcionário público na tesouraria da Fazenda Pública de Santana e há 20 anos como presidente da Direcção da Banda Municipal de Santana. Do seu vasto currículo destaca-se as funções desempenhadas durante muitos anos como director (tesoureiro) da União Desportiva de Santana, do qual também foi sócio fundador. Foi antigo aluno dos Salesianos e de 1976 até 1981 foi professor de Telescola. É também criador de gado e integra os corpos sociais da Associação de Criadores de Gado de Santana. Caracteriza-se pela sua frontalidade e, como se costuma dizer, "sem papas na língua". Eis, portanto, o que lhe vai na alma às questões por nós colocadas.




21 comentários:

Anónimo disse...

Afinal a montanha pariu um rato. Fala e critica tanto a Câmara e os políticos da terra, quando teve a oportunidade nada disse.
Sinceramente para quem é esperava muito mais, ou não disse o que lhe vai na alma ou então em conversas "privadas" não fala a verdade...

Anónimo disse...

Boa entrevista senhor presidente da Banda mas podia dizer mais algumas verdades e o senhor sabe-as todas.
Fala dum director do clube mas não diz o nome, por isso compromete todos os que lá estavam na altura, mas também esqueceu-se de falar que quando era director andava sempre à pancada com o colega de direcção, o Senhor Carlos Silva, não era?
Pelos vistos foi sempre polémico menos agora nesta entrevista, da qual apenas escreveu como um doutor, menos a parte em que "lava" da confraria da senhora Santa Ana e nessa parte o senhor tem toda a razão.
Vamos esperar pelo resto.
Parabéns ao blogue que uma vez mais fez as perguntas certas só que muitas respostas são para inglês ver.

vilão-citadino disse...

Muitos parabéns ao Sr. Abreu pela dedicação e empenho que tem tido à frente da banda de Santana, porque se não fosse ele a cultura estaria muito mais pobre nesta terra. Quanto a esta entrevista que li com atenção tenho os seguintes reparos a fazer:
Apesar da Banda ser Municipal, o clube é que recebe o subsídio Municipal para andar a disputar jogos nos nacionais. No entanto também acho que deveriam aparecer mais pessoas a colaborarem com a Banda, pois o Sr. Abreu não é eterno e 20 anos também cansa. É preciso gente jovem até porque vai haver eleições e ele próprio é que deveria incentivar os jovens a candidatarem-se e apoia-los com sua experiência. No que toca à confraria discordo da sua opinião, porque como ele bem sabe aquilo é feito tudo ainda à moda antiga e as confrarias não tem meios de se governarem se não fossem os festeiros e o senhor padre pouco ajuda porque também quer é o dinheiro todo para a igreja e os sócios cansam-se de tantos peditórios e esmolas e vão saindo das confrarias. Quanto ao retirar o gado da serra acho que não foi boa ideia até porque o sr. Abreu deve achar como muitas pessoas acham que o centro da cidade de Santana já tem mais gado a pastar que na serra e isso não dá uma boa imagem da nossa terra, basta ver o gado de cabras, ovelhas e vacas que tem entre os correios e o cruzamento da subida para o cemitério.
Quanto à pergunta sobre os entrevistados também acho que não disse realmente o que lhe vai na alma, porque quem conhece o Sr. Abreu, sabe que ele deveria ter a acrescentar algo pelo menos à entrevista do Sr. Presidente da Câmara. Não acha?
Não vai aos jogos por hábito?!!! Essa não pega! Nem parece o Sr. Abreu.

Pastor de cabras disse...

É fácil falar nas esquinas e cafés, mas quando se trata de ficar registado por escrito a coisa aperta! Para mim foi a pior entrevista feita até hoje pela simples razão de ser o único entrevistado do berdades que não disse uma única coisa sobre o que lhe vai na alma excepto quando falou da confraria porque aí sim tem toda a razão. De resto melhor tivesse calado.

Anónimo disse...

Tá há 20 anos na Banda e deviria ficar mais 20, porque é o homem certo no lugar certo e nunca deveria ter saído do clube, porque quando ele era tesoureiro não havia desterro e agora é um poço sem fundo

Anónimo disse...

Não vou repetir o que muitos já anteriormente disseram.
É verdade que é um bom dirigente, pelo menos na Banda, U.D.S e na Confraria, no entanto sempre foi feliz em criar conflitos, ou por ele ou por meio de amigos e confrades, basta por isso que lhe contrariem.
Vingativo? Não sei, mas lá ver os jogos não vai, porque será?
Essa de dizer que paga as viagens aos músicos era necessário explicar melhor, porque conheço alguns músicos e sei que não é sempre assim, pois em certas vezes pagam as viagens mas depois eles não recebem pela actuação, afinal quem paga a viagem. Os músicos de fora são sempre mais caros e mais exigentes, pelo menos os bons e não aqueles que o chefe costuma levar (amigalhaços que querem ganhar algum). Ora reparem, os músicos de fora querem transporte, comidinha e dinheiro, os da casa (quando calha) apenas querem vir à Madeira, já tem farda comem em casa, não precisam de transporte, e não recebem dinheiro logo qual o custo da viagem? (não se generalize)... vou tentar saber mais e melhor, pois conheço alguns :)
É pena que, às vezes com alguma humildade, ganhava mais.
Se as outras colectividades o acham mau, que o deixem onde está, porque é o melhor que há para lá.
Há é gente que tem muito a provar, este é um "sinhuóre".
Que tenha um bom trabalho.
PS: Parabéns ao berdadeiro

Anónimo disse...

Se todos os pastores de cabras fossem entrevistados por este blogue muitas "caganitas" sairiam! Nao percebi o que esperavam que o nosso presidente respondesse... A verdade é que quando ele sair da presidencia da banda muitos musicos, irao atras e eu tambem! Nao conheço nesta terrinha quem se dedicasse a uma instituiçao cultural sem nada receber em troca senao maldizer como ele. Sr. Presidente candidate-se! Os musicos estao consigo!

Anónimo disse...

txii que mas linguas andam por aqui... que lata tem o sr anonimo "n 6" para por em questao a formaçao musical dos musicos de fora? quem sao os musicos que conhece? andaram consigo no Conservatorio ou na tasca?! se a sua gestao e tao ecletica mais valia po-la em pratica! candidate-se!!!!!
BSL

Anónimo disse...

1º ponto:acho uma vergonha que toda a gente critique anonimamente, tenho a certeza de as pessoas que o criticaram se dizem amigos do jose carlos, porque senão não sabiam tanto acerca da vida dele. 2º ponto:se calhar ele não vai ver os jogos porque tal como muitas outras pessoas acha uma vergonha o que se passa na UDS, e ve que a banda municipal precisava de alguns dos fundos que são atribuidos ao UDS para serem mal gastos.3º ponto:toco na banda e estudo no continente e agradeço muito as viagens que ja me foram pagas(tenho a certeza que saiu muito mais caro do que contratar um baterista do funchal)e não me importo se recebo dinheiro, porque não e por isso que ando na banda, ando lá porque tenho la grandes amigos.se fosse pelo dinheiro ja não andava lá. 4º ponto:os musicos contratados são amigos do chefe porque este ja tocou na orquestra da madeira e sabe o que é um bom musico, ao contrario de muita gente que se acha culta.todos os musicos contratados pela banda têm conhecimentos musicais superiores aos musicos da banda.5º ponto:desafio todos aqueles que criticaram neste blog a darem uma entrevista melhor e gerirem uma banda de uma forma melhor do que o jose carlos abreu.um abraço para ele e para o berdades(o unico blog que visito frequentemente).ass:João Silva

Anónimo disse...

Pois claro, tal como eu pensava! esse anonimo faz-se passar por quem nao é; diz-se estar informado de coisas mas apenas inventa-as... pode Pensar que desastibiliza alguma coisa, mas ca na banda sabemos que o sr presidente nao e nenhum aldrabao cm voce!

Ass: L.S

João M. R. Alves disse...

Se o Sr José Carlos algum dia deixa a Banda...não vai ser nada bom...se, por ventura houver sucessor um dia, só se for o Duarte, porque tem paixão pela profissão e conhecimentos QB para tal...

Bom Trabalho e boa entrevista.

Mocho disse...

Uma boa entrevista com respostas inteligentes :)

Anónimo disse...

em primeiro lugar felicito o sr presidente da banda pelo excelente desenvolvimento cultural prestado até á data.
ao contrário dos outros "anonimos" não venho para aqui criticar o que diz ou deixa de dizer, conhecendo-o muito bem acho que realmente disse o que lhe vai na alma. claro que poderia ter dito muito mas, uma vez que se trata de uma "entrevista pública" há coisas que se quer muito dizer mas, por um questão ou de ética ou tendo em conta que esta em jogo a reputação de um presidente de uma associaçao cultural, não podem ser ditas.

relativamente às pessoas bilhardam desta entrevista... certas bilhardices resumem-se a uma simples dor de cotovolo, ou então uma perturbação por não ter ocupado e muito menos ocupar determinados cargos, aos quais faz parte o sr. abreu.
o facto de não ir aos jogos de futebol não pode ser resumido a vingança. pois não há nada que obrigue determinada pessoa a ir ver um jogo... se não vai é porque não quer..
perceber esta gente não é facil, se vai é porque vai e na devia ir, se não vai é o que se sabe...
somos livres de fazer o k nos vai na alma..
não critiquem pelo que ouvem, limitem.se a falar daquilo que sabem.

se querem chegar onde o sr abreu chegou... é simples

podem simplesmente candidatar-se à nova direcção da BMS mas, mentalizem.se que ser dirigente de uma associação cultural não é tarefa fácil e muitos dos que deixaram criticas neste espaço não teriam ou não têm, personalidades para aguentar com determinadas pressões.

bem, não querendo criticar mas acabando criticando..

dou o apoio ao sr abreu e só quero dizer ao berdades que tem aqui um bom trabalho

sem mais de momento

saudações

C.P.

Anónimo disse...

Sr Jose Carlos Abreu, nao ha' ninguem k faça o k o sr. fez e continua a fazer por uma instituiçao, neste caso a BMS

E de resto nao tenho mais nda a dizer porque ao contrario de muita gente, nao acho k seja bonito falar do k nao se sabe !!!!

Continuaçoes deste bom trabalho k tem feito ao longo de mtos anos e candidate.se outra vez a presidencia da banda... olhe k vai ter saudades :DD

Ceregi disse...

Neste período da primavera o Sr Berdades primou por dar voz a quem dá música em Santana! Obviamente que este tipo de entrevista,só permite abordar superficialmente alguns temas, que pelos comentários anteriores, muitos queriam que fossem mais aprofundados e esclarecidos.
Polémicas à parte (e porque a minha intenção não é deitar mais lenha na fogueira), acho que
deve ser realçado o trabalho em prol da cultura que cidadãos voluntários como o Sr José Carlos (e/ou outros dirigentes culturais da RAM)fazem, ao longo dos anos. Pois se não for a teimosia destes dirigentes obstinados muitos valores\talentos se perderiam ou nunca chegariam a emergir... Um bem-haja à BMS e a todas as outras da RAM!

antonio martins disse...

1.parabéns ao blog pelas várias entrevistas e demais que nos apresenta..2.quem comenta deveria se indentificar,,ao sr. josé carlos,na banda,sim senhor tem feito bom trabalho.basta olhar para os elementos e vendo tantos jovens de ambos os sexos é de aplaudir,,no meu tempo era só masculinos,pois continue na banda para calar a boca a quem faz comentários e diz mal sem saber o que dizem,,quando a banda passa com a bandeira pra dar uma ajudinha,essas pessoas viram as costas e dizem que vâo beber uma cerveja,,quanto ao futebol e confraria ele é que sabe,,nimguém é obrigado a ir aqui ou ali,,se fosse para falar como professional no trabalho que ele realiza eu tinha algo a dizer,mas fiz-o no momento certo e na cara dele,ou seja na repartiçâo,nâo por trás como muitos fazem,,,como a entrevista é como director da banda,,,só posso dizer ,parabéns,bom trabalho,,,,todos temos defeitos,,,um abraço,,

Anónimo disse...

Antes de mais queria felicitar ao berdades pelo seu blog. Foi muito bem escolhido o entrevistado do mês, o sr.Jose Carlos Rodrigues de Abreu, que para além de ser um excelente presidente da banda da terra, esta comemorou no passado dia 4 do mês de Abril os seus 82 anos de existência.
Quero dar os maiores parabéns ao nosso presidente, pelo trabalho que sempre tem feito por esta banda, hoje, a mais jovem da madeira.
Eu como executante desta banda, felicito o excelente trabalho que o sr.jose Carlos tem vindo sempre a desempenhar.
Desde que entrei para a banda, senti-me sempre em casa, uma segunda casa para mim. Os que estão na banda, e que estão lá pelo dinheiro, posso dizer, que esses não são músicos e não são nada, porque se fosse pelo dinheiro, já lá não estava com certeza. Aos meus 7 anos entrei para a banda, criei amizades muito fortes, grandes amigos, amigas, e se entrei para a banda é porque gostava de musica, e queria aprender muito mais, do que somente tocar flauta na escola. Foi colocada pelos meus pais confiança ao presidente, direcção e maestro, porque mais que tudo, “um bom pastor leva sempre as suas ovelhas a bom caminho”.
Assistir aos jogos do Santana, pagar quotas… uns têm de pagar para ver os jogos, que como sabemos são uma tristeza. Esses são aqueles que quando há concertos da banda no salão paroquial, onde estão? A dormir?! A ver o Santana no sporttv?!TVI?!rtpmadeira?!?!
Qual é o presidente que mais luta por uma banda como o sr.Jose Carlos?!
Qual o presidente que prometeu e cumpriu com a promessa de uma carrinha?!Quantas são as bandas que têm carrinha?Qual é o presidente que vai buscar e por os músicos a casa?!Qual foi o presidente que nos deu boas condições e intrumentos?!
Quem é que recebe o presidente da republica quando visita o nosso concelho?! Quem é que vai às inaugurações tocar o hino ao governo regional?! Quem é que aguenta bandeiras nas festas do verão, ao fim do dia?! Quem é que aguenta procissões a chover sem guarda-chuva?! São os senhores do clube?! Os senhores engravatados?! Humm não me parece… quem não tem resposta para as perguntas, investigue as bandas da região e veja o historial de cada uma delas.
Quem diz mal do presidente da banda, diz mal da instituição… quem diz mal do maestro, diz mal dos músicos… quem mais do que um professor de música que tocou na orquestra da madeira para dirigir uma banda?! Quem?! Mandar todos querem, sonhar e dizer mal toda a gente faz, agora fazer o bem, crescer o que é pequeno, só alguns, e esses, são de louvar…
Até hoje nunca tratamos um “musico de fora” mal, sempre demos as boas vindas a um musico de outra banda, porque se vem, é porque tem qualidades para tal. Estamos a falar de músicos profissionais, mas como o nosso presidente diz: “Não há como a prata da casa” e com isto da-nos força para progredir, e sentimo-nos seguros no que fazemos, porque quem é pequeno, se trabalhar irá ser grande um dia. Se a nossa banda é o que é hoje, temos de agradecer à direcção e maestro. Posso dizer ainda, que é em contacto com outros músicos que aprendemos mais, para além disso, criamos amizades fora da nossa banda e fora do concelho. Os bons músicos não são aqueles que compram uma pandeireta ou bombo nas festas do verao para tocar enquanto estão bêbedos, ou tocar na excursão. Quem se acha músico, e apto para tocar, a banda tem sempre a porta aberta para inscrições, e claro, todas as idades.
Os nossos dirigentes põem-nos responsabilidade nas mãos… somos nós que tocamos, e todos nós sabemos que às vezes é um pouco difícil de controlar tantos jovens!se pensam que tocar, não requer trabalho, estão enganados, muito temos de ensaiar, ouvir o maestro a dizer que não está como deve ser. A banda para mim, para além de ser a minha segunda escola, ensinou-me a conviver com os outros, criar amizades, não ser egoísta, e acreditar sempre que podemos evoluir.
Acho que como executante devo dizer, SR. JOSE CARLOS candidate-se outra vez, os músicos estão consigo.
Mais informo que todos se podem candidatar, as portas estão abertas a toda a gente. Quem quer mandar, não venha para presidente desta banda, mas sim, quem quer continuar a fazer o que o nosso presidente fez ate hoje, e levar a nossa banda sempre além fronteiras.
Parabens sr. Presidente e toda a direcção pelo vosso excelente trabalho.

Ass: Célia Mendonça

Ps. Não sei, mas não querendo confundir banda com futebol, o nosso presidente faz-me lembrar um presidente de um clube do norte… “Dores de cotovelo…é lixado”

amsf disse...

Fala-se muito na presidência da Banda mas parece-me que esta entrevista é para outra presidência já em 2009!

Anónimo disse...

Parabens ao Sr. JOSE CARLOS.Não á presidente k faça todo o k este fax.E estas pessoas bilhardeiras k andam a faser acosações sem saber do k ta a falar... deviam tar caladas.Só Deus sabe o k este presidente passa, e o k ouve das pessoas.Pedia a essas pessoas k nao têm nada para faser, k funda.sem uma banda = a esta... mas tenham mutio coidado pk kem ouve tambem sabe falar...depois keremos ver kem e k vai aguentar 20na presidência.E essas coisas de dinheiro as pessoas nao têm nada a ver com isso.Kem entra para a banda e para aprender, faser amigos... nao e para ir receber no fim do mês ordenados.

ass: musico!

Anónimo disse...

Há pessoas que não se contentam com a sua vidinha e ainda vêm falar da dos outros... Eu faço parte da BMS, e digo isto com orgulho, e apesar de lá estar à pouco tempo sei que o Sr Jose Carlos faz de tudo para ver toda a gente bem na banda e sei muito bem os esforços que ele faz e nao é qualquer um presidente que faz isso. Quando entrei para a banda fui muito bem acolhida e sinto me em familia. E nós nao estamos lá por causa do dinheiro se nao já lá nao estava E se estivesse a estudar no continente, preferia mil vezes vir cá e ver a minha familia e tocar na banda do que receber o dinheiro pelas actuações. E aquelas pessoas que ACHAM que sabem de tudo deviam se informar melhor e se querem saber como é que se dirige um banda então canditatem-se e vejam pelo que o Sr. Jose Carlos faz.E nós muitas vezes fazemos esforços. Nós e que apanhamos chuva nas procissoes, nós temos de ficar ao sol e muitas vezes ficar a tocar durante tempo. E porque fazemos isso?! Porque gostamos da música e nao interessa as diferenças entre cada um porque o que nos une é o gosto pela música. E digo para o Sr. Jose Carlos para se candidatar à presidência da Banda porque nós estamos consigo.
E quanto à entrevista o que queriam que ele dissesse mais?? Que acusasse as pessoas?? Sinceramente... Se querem fazer uma entrevista vossa fale com o Berdades e nao andem por aí a dizer mal das outras.

Um bem haja e parabens pelo blog.
Ass: J.C.

Anonimo disse...

Em primeiro lugar quero felicitar o Sr. Jose Carlos por tudo o seu empenho e dedicação à frente da banda, pois tem desenvolvido um execelente trabalho nesta instituição. Relativamente a alguns comentarios anteriores à cerca à deslocaçao dos musicos até à Madeira para os concertos, devo de afirmar que sempre me foram pagas as passagem para ir à Madeira tocar, por isso aconselho às pessoas que antes de falar, devem de se informar muito bem, para nao cairem em erros como estes...
Eu como elemento da banda à alguns anos, devo dizer que o sr. Jose Carlos sempre foi um bom dirigente e aqui deixo o apelo para que continue... porque a banda precisa muito de si... Solana