09 maio, 2008

Zé Cabra Indiano!!!

E com esta, desejo-vos um bom fim de semana.

11 comentários:

Anónimo disse...

A letra não entendi como é obvio,mas a parte musical está demais!!

Bragado atento disse...

Obrigado e igualmente, isto vídeo tá demais e o Ze Cabra também, podia juntar com o português

BaBy_BoY_sWiM disse...

Este faz mais sons que o Zé Cabra!

antonio gouveia disse...

tralabamba? o talibamba ba ba ba

Anónimo disse...

Indiano? Fique sabendo o sr, Berdades que qualquer palmo de testa olha para esta foto e vê que nada tem de indiano. Quanto ao ritual, cada um tem o seu e neste mundo cada vez mais globalizado esta manifestações de intolerância cultural e discriminação são as principais razões de metade dos conflitos nele existentes. A propósito entre a Índia e o Afeganistão existe o Paquistão que sozinho tem 200 milhões de habitantes, o que é mais ou menos a população desde Portugal à Polónia. Já no post Sapatilhas, gangas e relógios falava que aquela cena dos relógios era típica de "serem vistos nos parlamentos chineses"... que parlamentos chineses? Qunatos parlamneto tem a China? Que eu saiba um e nesse ninguém se manifesta, nem para levar relógios ou chamar nomes uns aos outros... o que eu entendo é que para si, no Oriente só existe uma raça, chineses um dia e indianos noutro. Amanhã, qual será a eleita? Indonésios? Bengalis? Um abraçO

Heraclita disse...

hehe

engraçado! :)

Bom fim-de-semana!

Berdades disse...

Este anónimo anterior é mesmo professor de..., mais de um palmo de testa! Talvez palmo e meio ou dois, xiça! Com que então este Zé Cabra não é indiano?!
Humm, de facto não deve ser! E os ruídos por ele provocados pelo sovaco? Sim o barulho da "foto" que o sr. professor enxergou! Não é foto? Ah, pois, enganou-se. Para si num dia é foto e no outro um filme
e amanhã o que será? Retrato? Quem fotografou este filme que explique.
Olha afinal existe comentário ao relógio das sapatilhas de ganga! E feito pelo professor de palmo e meio de testa.O berdades de facto equivocou-se, não existem em mais nenhum parlamento do mundo deputados com um relógio deste tamanho pendurado ao pescoço, lá isso não! E parlamentos chineses, haverá? Pois, se ainda fossem chinesas, daquelas que levam metade de café e metade de leite (meia de leite), mas não...
O berdades é que sem palmos de testa quis armar-se em professor e pensava que na china também haviam regiões autónomas, como em Portugal, mas cujos parlamentos também não são portugueses - são insulares! - e regiões administrativas especiais
com respectivos parlamentos. Olha... não há, não há, que se lixe! Talvez por isso é que pensávamos que usar relógio ao pescoço daquele tamanho era nos parlamentos chineses por causa dos olhos pequeninos. Mas não é. Deve ser, se calhar, nos parlamentos do OUTRO MUNDO.
Ainda bem que não se percebe nada de geografia, nem politica nem de português (senão marcávamos a vermelho os erros do sr. professor), mas lá em chinês ainda dizemos umas palavrinhas:
它丟失了將是的場合沈默文字ASNEIRAS,但它總回來。

Ceregi disse...

Não havia necessidade!..... (como diria o Diácono Remédios!)
Concordo que se deva alertar para algum equívoco ou desconhecimento, no sentido de o dono do mesmo manter uma boa informação prestada aos visitantes do blogue. Mas, Sr. anónimo perfeccionista, não é pelo aviltamento que demonstra a sua sapiência....
Bom Fim de Semana

Aluno sem testa disse...

Ao contrário do que diz o ditado popular e no que á resposta do sr. berdades diz respeito SAIU MELHOR A EMENDA (do berdades) QUE O SONETO (do sr. anónimo prof.). Ainda estou a rir com a resposta, boa sr. berdades, assim é que é.
Este Zé Cabra já se sabe que não é indiano é lógico, senão não se chamava Zé nem Cabra, dahhhhh!
Por acaso existem parlamentos xineses: Hong Kong, Macau, Taiwan, etc.. querem mais?

João M. R. Alves disse...

Um gajo aqui a "peidar" pelo sovaco e causa esta controvérsia toda...
Arreeeee....
(tirem-me deste filme, sff)

Anónimo disse...

Mas qual é a confusão? Então não se está mesmo a ver que o moço está a praticar a nova arma desenvolvida pela Al-peida para atacar o Grande Satã? É desta que a malta se livra do Bush e mas uns quantos espertalhões. Vão todos morrer sufocados à peidada...