29 agosto, 2008

Ruínas tipicas.

Já foi casa de habitação, das mais típicas que a Madeira possuía, ex-libiris de Santana, e agora a passos largos para a degradação total. Infelizmente, mais um postal de Santana que se apaga.

1 comentário:

BaBy_BoY_sWiM disse...

Não pode acabar e não vai acabar...