20 novembro, 2008

Tecnologia ao serviço dos pneus.



Os novos pneus da Michelin: Sem ar, sem válvulas, sem compressores, sem reparos e adeus pneus furados, pois eles já vêm "furados" de fábrica.Este lançamento está programado para estar logo no mercado consumidor, causando grande impacto na tecnologia existente. Nenhuma válvula de ar, nenhum compressor de ar em postos de gasolina, nenhum equipamento ou kit de conserto ou borracharia. Poderá até dispensar o estepe.


Devemos sempre estar preparados para novas tecnologias, assim como foi com: a régua de cálculo, com o telex, com a máquina de escrever, com as pranchetas de desenho, com as canetas a nankin, com o cardex, com o filme fotográfico, com a fita cassete, com o disco de vinil, relógio de corda, carburador, distribuidor etc. Aí está mais uma!

(texto e fotos recebidos por mail)

2 comentários:

Diogo Fernandes disse...

Não fica tão bem na estética do carro a meu ver.. Mas a ideia tá espectacular.. O preço dessa tal tecnologia também deve assustar o cliente hehe

silvia_vdfr disse...

Ja faz alguns anos que Michelin trabalha neste projecto: o pneu Twell. Claro que so pelo visual ja podemos imaginar que sera muito mais caro...
A importância deste pneu encontra-se na diminuição do consumo em gasolina e poluição. E, devido à forma do pneu, o comportamento do carro é estabilizado nas curvas.
Eu acho que é uma boa invenção. Assim, ja não é preciso controlar a pressão dos pneus e sabendo o n° de acidentes que ha por ano por causa de uma ma pressão, acho que é uma tecnologia que merece um certo respeito pois vai facilitar o conforto e sobretudo a segurança.