13 junho, 2009

Café Berdades!

Não é que seja nada inédito na nossa região a existência destas plantas, mas muitos dos madeirenses não conhecem o CAFEEIRO. Apenas conhecem o café depois de moído. Muitos outros, para além de moído, conhecem em grão. Mas, a planta que o produz muitos desconhecem e, muito menos, alguma vez tivessem visto pessoalmente. Foi a pensar nos nossos fieis leitores que aqui reproduzimos, em fotografia, captada esta semana, nas redondezas da nossa "redacção" propriedade da nossa família, um cafeeiro cuja existência rondará certamente mais de 30 anos. Todos os anos carrega de fruto, mas o café nunca foi aproveitado senão para amostra da referida planta aos mais curiosos. Confesso também que foi esta planta que me elucidou verdadeiramente donde vinha o café. Foi há 22 anos!!
Quem sabe se um dia não torramos deste café e damos a provar a nova selecção de "café berdades"!

10 comentários:

Maria disse...

Por acaso não conhecia a planta e até digo mais: nem sabia que o café dava assim numa planta, pensei que fosse tipo o milho! Santa ignorância a minha.

Anónimo disse...

Temos organizar uma escurção ao berdades pa se ver o café ao vivo e a cores.

Anónimo disse...

Pois é e muita gente tem essa planta na sua fazenda e nem sabe o de que se trata.Por acaso também tenho uma planta mas ainda muito jovem.
Já agora que será que não produz em Santana?

Anónimo disse...

Alem dessa qualidade de cafe que depois da maturidade ficam com frutos amarelos, a um que os frutos ficam vermelhos, que é o Conilon (cereja) tem mesmo o vermelho das cerejas, hoje o Brasil é produtor de grande parte do cafe do mundo e alem de adorar essa bebida preta, ja trabalhei na lavoura do cafe, na verdade nao tenho saudades do trabalho....rsrsr,ja fiz a colheita e todo trabalho ate ficar pronto p beber, nesta altura bebiamos o nosso propio cafe, tempos que nao voltam mais, mas essa materia me fez lembrar coisas boas que vivi e aprendi.

Francisco Vasconcelos disse...

olá!
já agora que se fala de café, seria interessante colocar a "história do café".
Assim, as pessoas ficariam a saber como é que o Homem passou a conhecer e a utilizar as propriedades que esta planta fornece.
um abraço

Anónimo disse...

Por acaso já sabia da existência desta planta em santana nos terrenos do sr. Laurindo na Achada do gramacho, e todos os anos carrega de café!! Penso que foi lá que o sr. Berdades tirou a foto.

Berdades disse...

Esta planta de café, conforme dissemos no post, está nas redondezas da nossa "redacção", talvez a uns 30m! Portanto, não será certamente a planta que anonimamente acima referiram. A tal, também conhecemos.

Ceregi disse...

Para mim é uma bica!:D
eheheh!
Sr. Berdades, o Rui Nabeiro também começou com uns grãos de café!!!;)...
Quando a persistência de coordena com o trabalho e com a criatividade, a possibilidade de sucesso será indubitavelmente maior!
Este é apenas um exemplo que nada é impossível de alcançar.

Anónimo disse...

Vislumbro já o "Berdades Cyber Café" em Santana, com os cafeeiros a decorar o jardim...
e assim nascem os grandes negócios...
Para quando a inauguração sr. Berdades?!
Um abraço

Ilidio disse...

Espectáculo! Trouxe-me á lembrança uma planta identica á que existia numa fazenda perto da casa dos meus pais quando era pequeno! Sempre me disseram que aquilo "dava" café! Eu sempre desconfiei! Agora tenho a certeza! Abraço!