08 fevereiro, 2010

Cortejo entonográfico e Julgamento dos Compadres.

O tempo esteve óptimo e ajudou para que as milhares de pessoas, que estiveram ontem na cidade de Santana, pudessem assistir a mais uma passagem do cortejo etnográfico que, diga-se em abono da verdade, esteve bem organizado e muito genuíno.
Logo de seguida, foi a vez do julgamento/sentença dos compadres, num tribunal popular improvisado, como de costume, em cima dum palco. A condenação ao fogo, com execução imediata sem direito a recurso, aconteceu perante os populares. E assim terminou mais uma tradicional festa dos compadres na cidade de Santana.

4 comentários:

Casa do Povo São Roque do Faial disse...

Mais uma demonstração que Santana tem potencial para poder fazer coisas boas...

Boa semana de trabalho para os visitantes do Berdades.

Ceregi disse...

Eh!Eh!Eh! ainda me estou a rir de ouvir Jodé, Antoino e a Virgininha!

Ceregi disse...

Foi uma aposta ganha, esta nova programação que este ano decidiram implementar. Permitiu no Sábado ver o empenho das escolas,centros de dia e de alguns grupos particulares que quiseram unir-se à folia, com a sátira que os caracteriza. Depois no Domingo assistimos a um desfile genuinamente nortenho, relembrando a tradição madeirense (pelo menos de Santana) carnavalesca. Digno de realçar foi a pontualidade e o rigor de cumprir o horário estabelecido no programa. Quanto ao Julgamento, teve a pertinência a ironia e o humor que vêm caracterizando este acto teatral ao longo dos anos. Parabéns Santana! (e apesar de durante a semana terem acontecido algumas intempéries, no fim de semana o tempo foi nosso amigo!!!)

silvia_vdfr disse...

LOL... um cortejo bem engraçado e uma bonita reportagem !!! A nova programação parece ser mais interessante: 2 cortejos valem mais do que 1 !