22 maio, 2010

Diversidade Cultural.

A Casa do Povo de São Roque do Faial assinalou ontem o Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento, tendo proporcionado à comunidade local e visitantes diversas actividades, entre as quais a abertura da exposição "As nossas colecções" seguindo-se uma palestra com o Dr. Rui Moisés, Presidente da Câmara Municipal de Santana e a Profª Alice Sousa, da Casa da Cultura de Santana. A fechar, animação com a actuação da Tuna Cedros e  "Os Lírios do Norte". 
O Berdades esteve lá a convite daquela instituição e a sua reportagem fotográfica pode ser vista aqui.



Hino da Freguesia de São Roque do Faial na versão da TunaCedros tocado ontem

3 comentários:

Anónimo disse...

Parabens à Casa do Povo de São Roque do Faial pelo seu dinamismo.
Estive a analisar os montantes do contrato programa entre a Câmara e as instituições do concelho e não se percebe como é que a Casa do Povo de São Roque, de 38000 euros que a câmara dá às instituições, só tem direito a 400!!!
Também acho estranho o prof. Dória, que costuma ser reinvidicativo, estar calado perante esta situação.

Anónimo disse...

Concordo plenamente com anonimo que a camara apenas dá 400€ a casa do povo, mas temos que entender que lá na casa do povo não trabalha nenhuma funcionária da associação santana cidade solidária, porque senão o valor dado pela a camara era igual ou superior ao que recebeu o centro de dia da Silveira e o centro de dia do Faial, num montante total de 5000€ para pagar a funcionários, sendo que os mesmos já recebem dinheiro da associação e a pessoa responsavel pelos mesmos 2 centros de dia é a mesma. Isto é um cúmulo... mas enfim, eu própria votei neste presidente e contribuí para esta e muitas desgraças que ele está a fazer.

Anónimo disse...

Muitos parabéns às pessoas que estão nos diversos grupos da Casa do Povo de São Roque do Faial, pelo empenho que demonstram ao longo de vários anos, em prol da cultura e da tradição da própria localidade, mas também do concelho de Santana e da própria região.
Esta institiuição e os seus sócios são sem dúvida os que mais promovem a cultura no âmbito das instituições culturais na costa norte da Madeira, para isso basta ser-se leitor do DN, JM, Tribuna ou blogs como os das instituições, ou este fantástico BERDADES! É claro que parece que a CP S.Roque não têm nenhum grande evento como as 48h a bailar, ou a festa da anona ou do limão que têm também uma grande projecção, mas têm actividades que essencialmente vão ao encontro das pessoas, actividades de proximidade, de envolvimento.
Fiquei realmente muito admirado ao ver no DN aquele quadro de distribuição de apoios da CMS às instituições culturais e desportivas do Concelho.
O sr Presidente da CMS, através da distribuição nada equitativa, está a desvalorizar a população de São Roque do Faial e o seu trabalho! É lamentável que, uma instiuição com vários grupos e com a dinâmica que tem, mereça apenas os €400 e para outros, mesmo que sejam apenas 1 grupo (bandas, grupo de animação...) recebam mais... para já não falar na diferenciação que o sr Presidente e a sua equipa fizeram dos idosos de São Roque do Faial e dos idosos do Lombo de Cima e da Silveira.
É realmente muito triste ver que num Concelho do campo, onde a vizinhança e a proximidade, a amizade e o reconhecimento do valor de cada um devia estar bem patente isso não se verifica.
Mas para dar a boa imagem hoje mesmo vamos todos comemorar o DIA DO VIZINHO da sede de Concelho! Pois bem, o sr Presidente não é um bom vizinho! Dá mais aos vizinhos mais recentes (Centros de Convívio dO L.Cima e Silveira) e menos aos vizinhos mais antigos (Centro de Convívio de São Roque do Faial); valoriza mais uns em detrimento dos outros! Tenham lá paciência sr Presidente e sua equipa e governem com justiça e equidade, rejam-se por valores e princípios dignos da social democracia e reconheçam o trabalho de quem trabalha!