18 agosto, 2011

Entrevista com....

Porque achamos sempre actual e gostamos sempre de falar com ele, hoje republicamos o texto e conversa que há 3 anos atrás aqui publicamos:
FERNANDO DE FREITAS
É daquelas pessoas que gostamos de falar. Ele é amigo e gosta de conversar.
Também gosto de meter conversa com ele, tem sempre uma opinião própria, uma ideia, um conselho, um retrato de vida que, mesmo não servindo de exemplo para os tempos actuais, é um marco histórico, dando o seu testemunho de vida. O Senhor Fernando Freitas, mais conhecido pelo "Fernando do cabouco" raro é o dia que não vem à venda da Mariazinha.
Outros tempos haviam em que a sua bebida preferida era um "quarto de litro". Hoje, não! Prefere beber a sua "chinesa" e, de vez enquando, ainda prova uma Tónica ou cerveja sem alcool. Reformado há cerca de 10 anos, vive com sua esposa (também reformada) e um filho. É ao fim de semana que nos encontramos na "venda"! No Sábado, ou no Domingo, lá conversamos um bocado sobre tudo e o Sr. Fernando, apesar de não saber ler nem escrever, tem resposta para tudo. Na sua calma, pensa e diz. Algumas até muito engraçadas! Foi numa dessas ocasiões que me surgiu a ideia de registar uma conversa nossa para colocar no Berdades. Afinal, aquela personalidade, que tanto admiro e gosto de conversar, também havia de ter lugar na minha "mercearia blogosferica".
Assim foi. Com a devida autorização, fi-lo meu convidado desta rubrica, para saber o que lhe vai na alma. E que tão bem falou o senhor Fernando no passado dia 15 de Junho. Foi uma conversa mesmo de tasca, sem qualquer preparação, em que os restantes clientes e tasqueiro foram metidos ao barulho.


Sem comentários: