01 julho, 2013

Mais um ano passou e nada feito.

Em 2012 escrevemos:
Andamos há 6 anos a bater na mesma tecla e nada!
Mas, ainda não desistimos de, todos os anos, e por esta altura, neste espaço reclamar por todas as letras. Por isso, fazemos copy & paste dos anteriores post's:
"E, de facto, assim parece confirmar-se. Mas não desistimos, e tal e qual vimos há 3 anos a esta parte alertando, tornamos a relembrar o que nessas alturas escrevemos sobre o desleixo em colocar todas as letrinhas que deu nome à Ponte 1ª Julho, situada na Freguesia do Faial.
a 1-7-2008 aqui escrevemos:
"...A primeira freguesia do concelho a ficar ligada ao Dia da Autonomia foi a freguesia do Faial, mas que se calhar já não perpétua na memória de muitos, atento o desleixo que tem sido o tão nobre e solene acto de inauguração da Ponte Primeiro de Julho, na altura presidida pelo Sr.Presidente da República, Dr. Mário Soares. Isto a propósito dum post que aqui fizemos referência no dia 13 de Julho de 2006 e que se reproduz na integra a ver se alguém "atrema", uma vez que tudo se mantém na mesma, ou se calhar, com menos letras.
Dizia esse post o seguinte:
"PONTE DA AUTONOMIA.
Bem que poderia chamar-se Ponte da Autonomia, por coincidência do nome com a data da Região Autónoma da Madeira, mas não. Chama-se "Ponte Primeiro de Julho", situada na freguesia do Faial, e foi inaugurada em 1985 por sua Excelência o Presidente da República, na altura, Dr. Mário Soares. A construção desta ponte assinala um marco histórico no concelho de Santana e em especial na freguesia do Faial, pois foi construída para substituir a "Ponte Velha" que um temporal de 1984 se "lembrou" de destruir. Mas, se o nome ficou gravado na memória de muitos, o mesmo já não se passa na lápide lá existente que, há mais de meia dúzia de anos, apenas permanece uma dúzia de letrinhas desorganizadas, conforme documenta a foto captada pelo nosso repórter. Bem que merecia o resto das letras, mais que não fosse por respeito às ruínas da Ponte Velha que ainda lá permanecem e que constituem património municipal edificado. Lembrem-se das letras para que outros se possam lembrar do nome da ponte."

Sem comentários: