16 novembro, 2005

Entrada do chip da bola


Já não bastava o sistema que estava montado e ainda agora vão montar o sistema do chip na bola!
Estou para ver a introdução do chip numa bola. Vai ser de bradar aos céus quando o arbitro assistente (prefiro fiscal–de-linha) não ver o chip entrar! E quando a bola entrar na baliza e o chip não tocar?! E quando tocar e o arbitro não ouvir, porque estava a tirar cêra dos ouvidos – como vai ser?!!
São invenções que julgo não vão resolver nada, pois serão sempre os árbitros a validar as jogadas. Muito mais barato seria apostar numa tecnologia rudimentar e mais barata, comprando uns óculos de verga para os árbitros. É uma vergonha o que se passa com arbitragens nos jogos de futebol hoje em dia, e aquela de não validar um golo ao Leiria quando a bola entrou 2 metros dentro da baliza nem lembra ao diabo! Só não viu quem mesmo não quis ver. Eu ainda não encontrei resposta para dar ao meu sobrinho de 8 anos que me perguntou porque é que aquilo não era golo. Como não soube dar-lhe resposta certa, logo argumentei que não tinha sido golo porque o Ricardo fez uma boa defesa. Pois, foi a defesa do ano. Logo uma defesa para a equipa que no ano passado descobriu e denunciou que havia sistema montado no futebol português. Pelos vistos há.

Texto publicado pelo autor na secção das cartas do desporto no DN Madeira
http://www.dnoticias.pt/default.asp?file_id=dn010510081105

Sem comentários: