10 fevereiro, 2006

Mania é pior que louco.

Esta história de requerer exames de sanidade mental aos políticos, acontecida no Parlamento Madeirense, fez-me lembrar aquela história passada aquando de uma inauguração na Casa de Saúde s. João de Deus (Hospital Psiquiátrico), mais conhecido por “Trapiche”.
O Dr. Alberto João Jardim ao chegar àquela Casa de Saúde, para proceder à inauguração de uma ala que havia sido construída, dirigiu-se aos doentes que o aguardavam, e lhe haviam batido palmas, fazendo questão de os cumprimentar com um aperto de mão, como é seu costume nas inaugurações. Todos acederam ao cumprimento, excepto um doente que recusou-se estender-lhe a mão, ao que o Dr. Alberto João insistiu questionando-o:
- Então como está? Não me conhece?
E o doente respondeu:
- Não o conheço não senhor.
Prontamente o governador identificou-se, dizendo:
- Sou Alberto João Jardim, o Presidente do Governo Regional da Madeira.
Logo o doente respondeu-lhe:
- Eu também tinha essa mania antes de vir para aqui, mas já me passou!

Sem comentários: