17 julho, 2006

Momento cultural.

No passado Sábado, no salão paroquial de Santana, folclore e teatro amador. Organizado pela Casa do Povo de Santana, actuaram o grupo de teatro daquela instituição, o Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Cernache de Bonjardim (Beira Baixa) e finalmente o Grupo Folclórico da Casa do Povo de Santana. Foi agradável passar 2 horas de animação cultural, onde só faltou mesmo maior assistência.

11 comentários:

Anónimo disse...

Porque será que neste post ninguém comenta? Talvez pelo Dono do Berdades ter actuado!? E porque foram poucas pessoas ver a animação?
Alguém que explique.

Anónimo disse...

Para a próxima o Berdades devia era difundir com antecedência estas actividades. Já que se queixa de público,que tal fazer algo de jeito pela promoção dos eventos? No comentário anterior dizem que ninguém apareceu por causa do "Dono do Berdades"? Não acredito... de certeza que estavam todos a contar os buracos da principal rua da cidade, e há quem diga quem deu para a tarde toda... aí o meu carro. .. LdV

Anónimo disse...

pois é todos reclamam que em Santana nunca há nada e vão até 'cascas de rolha' para ver uns actores quaisquer porque é chique ver tudo o que se passa fora da nossa terra e quando se trata de alguma coisa em Santana, aparece pouca gente e ainda dizem mal...porque será? alguém que explique. será à moda de Portugal que é comer e dizer mal ou será porque nenhum profeta é aceite na sua terra? felizmente ainda há quem goste de teatro e folclore, e tanto um como outro foram aplaudidos com muita satisfação.
parabéns ao berdades e continue a dar a conhecer tudo o que puder sobre SANTANA e aproveito para salientar que as peças de teatro foram espectaculares e o 'Dono do Berdades' esteve, como sempre o soube fazer, em grande e o mesmo também posso dizer em relação aos outros elementos que muito fizeram rir!

um abraço!

berdades disse...

Esclarecimento "berdadeiro":
Não compete ao Berdades a organização ou realização de actividades culturais e /ou festivas. No entanto, não se abstem de divulgá-los antecipadamente aqui no blog sempre que para tal seja solicitado pelas organizações ou entidades responsáveis. E quantos mais melhor, daí que é só pedirem e mandarem, se possivel, o programa, o cartaz,e outras informações que julguem ser pertinentes.

Anónimo disse...

Se fosse para pagar 10€ para ir ao Faial ouvir aquele batuque toda a noite e aturar bebedeiras e droga, muita gente ía, mas ouvir um grupo folclórico ou uma banda de música já se sabe como é.
Concordo também que o Berdades deveria ter divulgado aqui a realização do evento.
Eu por acaso não assiti porque só soube de tal através do Berdades e fico com pena de não ter assistido.
Muitas saudades tenho de ver o compadre Jodé actuar em palco e pela fotografia postada, deveria ter provocado grandes gargalhadas.

Bragado Escaldado disse...

Com um grupo folclórico vindo de fora, mas não só por isso, deveria ter sido melhor divulgado, não pelo Berdades, mas sim pela Casa do Povo.Ou alguns dirigentes de lá são só de nome? Só vejo trabalhar uma única pessoa naquela "Casa" que é a Srª Águeda.Razão para perguntar: "E Cadê Outros?"
Alguém viu algum cartaz (nem que fosse uma folha A4) nalguma vitrina dos estabelcimentos comerciais de Santana? Pois eu não vi! Caros amigos é tempo de deitarem mãos à obra, bast aolhar para os vizinhos do lado (cidade solidária, em que se vê todos trabalharem como formiguinhas.

Fan Do Berdades disse...

Mts Prabens Ao Berdades Pelo Seu Óptimo Trabalho!!! Deviam era dar os parabens invés de tarem pra ai reclamar que o berdades nao divulga nada! Quem quiser melhor que faça!! Para Isso Dirige-se a www.blogger.com! PARABENS BERDADES PELO ÓPTIMO TRABALHO!!!

Anónimo disse...

Realmente concordo, que deveria ser feita uma maior divulgação destas e doutras actividades de caracter, cultural, recrativo desportivo etc. Mas também reconheço, que os meios de disponíveis, para essa divulgação, não são muito vastos, não existem jornais, revistas de indole concelhio, a radio, creio que não terá uma audiência muito vasta no concelho. no entanto acho que deveria ser mais aproveitada.

De qualquer modo à um aspecto muito positivo nestes eventos, que é a participação das pessoas do concelho, que independentemente da presença muito ou pouco público, penso que lhes dará um gozo enorme participar.
Aos poucos, talvez com uma calendarização pré-definida ao longo do ano dos dos diversos espectaculos, funcionaria a divulgação boca-boca, é apenas uma sugestão.
Parabens a todos os que participaram.

O Profeta do Areal.

Anónimo disse...

Também não percebo porque só depois do 48 horas a bailar é que trouxeram um grupo de fora! Sinceramente, esta Casa do Povo tem com cada uma!

Anónimo disse...

Eu nao faço parte da casa do povo e tenho de fazer este comentário como anónimo.Quem foi ver o espectáculo, foi explicada a razão,pelo presidente da casa do povo, pela qual o grupo do continente veio no fim de semana seguinte...depois,não posso deixar de comentar as "formiguinhas" da cidade solidária,são o verdadeiro exemplo a inventar algo para fazer,para tentar justificar o tacho.Guardem do verão para o inverno...crítica-se a função da casa do povo,mas quando for para apresentar listas,as pessoas que aparecem a críticar nem querem saber!... Em relação a Sra funcinária da casa do povo,tem de ser dedicada porque é para isso que lhe pagam,mas mesmo assim ainda arranja tempo para bilhardar...e como dirigente do grupo de folclore devia trabalhar menos para poder mandar melhor.Quanto ao "berdades",parabens!... vá fazendo enquanto eles deixarem...

Anónimo disse...

isto toda a gente fala mas no fim ninguem sabe é de nada!
o rancho de folclore não actuou no 48h pk kem manda no festival em Santana não é a Casa do Povo....
E s tivessem ido ver este encontro cultural saberiam k o rancho não actuou no 48h pois a data do festival foi alterada e como já não havia meio d mudar as passagens do rancho teve mm k ser assim!

kt a olhar para os vizinhos do lado era bom ás vezes que o grupo de folclore tivesse metade das condiçoes k eles têm!pois metade de vocês não sabem mas eu cá vi á uns 2 ou 3 anos os piquenos e as pikenas do grupo andarem a arranjar a actual sede da "santana cidade solidária" para depois irem lá uns "senhores engravatados" e ficarem com akilo...
será k foi justo!!

ah e á kts anos é k o grupo de folclore existe?? mas eles não tiveram direito ainda a uma carrinha agora a Associação ñ demorou mt tempo a ter uma ...

eu assim tb trabalhava com as coisinhas a cairem do céu ....

é preciso apoiar as coisas k temos na nossa terra mas ás vezes é bom abrir os olhos