21 julho, 2006

Tipicamente português.

5 comentários:

Victor Vieira disse...

Infelizmente este é o país que temos. Meia dúzia a trabalhar e milhares de "mirones" a ver se enganam os outros.
A suposta (mas existente) crise é culpa de muita gente, principalmente daqueles que acham que vão a algum lado com comportamentos sociais deste género.
O culto do trabalho ainda não é uma realidade. Não se faz por querer bem feito, faz-se porque tem de ser feito e para receber o "tostanito" essencial à vida.
A esperança é a última a morrer. Vamos lá trabalhar que é disso que o país precisa.

Ex-empreiteiro da CMS disse...

Se não me engano esta fotografia foi tirada numa obra aqui de Santana, a cargo da Câmara Municipal. Não terá sido? Ah, pois é falta ali o vereador das obras. Deixa-me ver bem....ah, parece aqule ali no lado a pedir um cigarro, não será ele? Não deve ser!
Se calhar foi na vereação anterior. E não é que foi mesmo, já vejo ali o responsável. "Caraças", quase que não o encontrava.

Anónimo disse...

Esta foto deve ser realmente de Santana e bem recente. Julgo até que deve ter sido tirada no centro da vila, aliás, centro de Santana.
Aquilo ali não o buraco que existe ao pé do Vera Cruz. É capaz de não porque em Santana tem mais buracos no centro do que este.

Anónimo disse...

Vê-se mesmo que os leitores do Berdades andam muito distraídos, pois esta fotografia não tem nada a ver com Santana. Pelas legendas da foto existe um "observador" do trabalho que é o arquitecto, e só por isso se vê que não é em Santana, porque o homem mal põe os pés na Câmara.

Anónimo disse...

Realmente não deve ser em Santana mas é parecido. Isto é o comum nas obras e empreitadas do nosso governo e câmaras, mais "boss" que trabalhadores.
Viva o descanso.