03 dezembro, 2006

Sem Graça , mas com mel!

Assim se poderia caracterizar o jogo de futebol de ontem à noite entre as equipas da Graça (Machico) e a Casa do Povo de Santana, a contar para o campeonato de Inatel, cujo resultado final foi favorável à equipa de Santana por 1-0, golo do sr. capitão Nélio.
Curioso e invulgar foi verificar que o patrocinador (nas camisolas) da equipa de Santana é um Apicultor da freguesia da Ilha, Sr. João Gomes Luis, razão para concluirmos que "quem mexe com o mel é que lambe os dedos".

12 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns à Casa do Povo de Santana por proporcionar a pratica desportiva aos jovens seniores deste concelho.Os clubes existentes a nível de seniores só se preocupam com os resultados por isso os jogadores são todos fora do concelho.Como o dinheiro em breve vai faltar para o ano metam esta equipa na 3ª divisão.

Anónimo disse...

Esta do Apicultor é que está de mais e nem lembrava ao diabo! Já vi sponsor's de clubes de toda a espécie, até de viagra, mas de apicultor, nunca! Acho até que o Berdades deveria mandar a foto para o jornal A Bola ou o Record, porque de certeza que haviam de gostar de saber que uma "fábrica" de mel de abelhas "sustenta" uma equipa de futebol. De todo o odo acho que é de inaltecer o Sr. apicultor João Gomes Luis porque assim consegue adocicar os craques. Se vivesse na Madeira já sabia onde ir buscar mel!!!!
Bem descoberto Berdades.
Um Abraço
Horácio Pereira

Anónimo disse...

Estes é que são os verdadeiros jogadores de Santana, mas não deviam estar a jogar no INATEL, mas sim no clube Desportivo de Santana e evitam-se as despesas de milhares de euros que estão a gastar para nada. Que valor tem estar a disputar uma prova a nivel Nacional se a terra nem se identifica com essa equipa?
Um cubano

Anónimo disse...

Parabens ao patrocinador desta equipa, sem ele nunca estes jogadores renderiam tanto! De qualquer modo estes jogadores já são as abelhas da abelha Mestra Gil Cunha, que já está a demonstrar porque tem valor.

Anónimo disse...

Se dúvidas houvesse, já foram dissipadas: esta equipa constituida por gente de Santana ainda vai trazer muitas alegrias à freguesia e concelho. Esperem para ver.
Parabens à Casa do Povo de Santana.

Anónimo disse...

Olha o Herculano ainda joga à bola?

Anónimo disse...

O sr. das Berdades não perde mesmo nenhuma e como tal, está de parabéns, assim como a equipa do INATEL. Pelo menos a foto aqui postada está melhor que no próprio blogue do Inatel.

Anónimo disse...

Este apicultor é o exemplo de quem trabalha honestamente e não precisa de apoios!Se calhar os que tem apoios não apoiavam iniciativas deste genero...este homem ainda vai ser presidente da junta da ilha!Parabens!

Nuno disse...

Hey, o Herculano esta muito gordo.... =:o)
Tem de beber umas cervejinhas a menos....
para a equipa da Casa do Povo de SANTANA os meus parabens pela vitoria e um abraço a todos os jogadores que me conhecem!!

Nuno (Suiça)

Anónimo disse...

O que o berdades não reparou, ou se reparou não mencionou, foi na pasta de primeiros socorros junto dos jogadores na foto, o que também não muito comum, não acham? Pois é, mas o patrocinador da dita pasta não é apicultor, é simplesmente a junta de freguesia de Santana que, face à rejeição por parte da U.D. Santana do subsidio anual, resolveu atribui-lo ao INATEL. Bem pensado srs. autarcas, como diz o ditado, " Um não quer, outro me roga".
Ao Sr. apicultor só lhe ficou bem o gesto de ajudar uma instituição ao qual atribuo os meus parabens.
Felicidades a esta equipa e que dignifiquem a freguesia.

Bragado atento disse...

Até que enfim vejo, ainda que aqui no blogue, jogadores de Santana numa equipa de Santana! Já tinha saudades e é disto que o povo quer.Mas infelizmente nesta terra até os dirigentes são de fora e os da casa, armados em Veigas e Pintos da Costa nem dirigentes são!

Anónimo disse...

Espero que esta equipa tenha sempre presente no seu espírito, a Publicidade que ostentam na Camisola. As abelhas são miracolosas miniaturas da Natureza. São muito bem organizadas e trabalhadoras.São Chefiadas por uma Mestra, que tem como função pôr os ovos.Os zangãos como missão existem para fecundar a mestra. E só um deles terá essa felicidade. Mas, momentos depois morre!... As obreiras defendem a colmeia, colhem o polen das flores para a criação e produzem o mel, para toda a população existente na colmeia e no Mundo. A sua organização nunca foi posta em causa, nem mereceu qualquer reparo. Continuam a trabalhar com a mesma determinação e organização própria, desde os seus tempos Primitivos. M.J.Freitas