20 fevereiro, 2007

Disfarce do Dr. Alberto João


Dr. Alberto João Jardim anunciou ontem a demissão do Governo Regional e na mesma "carta" anunciou a sua recandidatura.
O Berdades acha que foi mesmo um bom disfarce de Carnaval, ao qual se associa a decisão recente do referendo sobre o aborto - ele também um aborto. Pelos vistos, temos eleições à vista. Aos visitantes do Berdades aqui fica lançado o repto:
Que acha desta medida do Dr. AJJ?

32 comentários:

Anónimo disse...

Lindo mesmo,
Realmente ser político é uma coisa extraordinária. Ainda se fala em ser-se honestos. Quem são os exemplos afinal? Foi nisto que andamos a votar a vida toda? Rrrrrrrrr... incrível mesmo.
Creio que o AJJ quer sair do Governo, porque não sabe governar sem dinheiro, na esperança de que os outros partidos todos fiquem agora com o "caldo de governar" (com imensas dividas, corrupção, favores e compadrio todos agarrados ao "mojinho-do-leitinho-da-vaca").
Ele não quer cortar o leitinho à bandalheria que temos à frente dos destinos da Madeira, assim se os outros ganharem, esses é que vão ter de cortar. Viram a lógica de coisa? :)
Portanto, vamos todos votar no AJJ para que ele não saía do governo, e seja obrigado a cortar o leitinho aos amiguinhos, deputadinhos, e empresárinhos da treta que não sabem fazer nada na vida, nunca souberam, e dúvida-se se irão fazer. Enquanto isso acontece, teremos de rezar para que (tanto o Governo Central, como a UE) cortem mais verbas, daquelas que se destinam a coisas da treta como, as que estão SENDO MAL GASTAS, por exemplo: Associações de Treta, Clubes e Mais Clubes de Treta, Festas e Mais Festas de Treta, Sociedades de Desenvovimento de Treta (para dar tachos aos amigos), Estádios de Futebol e de Ténis para a Treta, Empreitadas de Obras da Treta, que servem certos interesses, etc etc
O AJJ tem de ter "testículos" para cortar, como diz que os tem, para sanear isto tudo.
Agora aguardemos todos, mas votando nele outra vez, já que só ele tem "testículos" :)
Pois os outros não querem ficar com a missão de apenas cortarem, como fizeram o Pinto na TAP, e o Governo Socratinho na País.
Pensei que o AJJ ía fugir para um Alto-Cargo-na-China-ou-Paquistão, mas ainda bem que ele não teve o juízinho do anteriores como o Durãozinho e o Guterrinho (esse sim, tiveram juízo e fujiram)
Ai! Como é tão lindo a palhaçada do Carnaval. Por isso o Carnaval deveria ser o ano inteiro.

Anónimo disse...

Como todos sabemos o Carnaval é um dos maiores cartazes turísticos da Ilha.
Ora, a ideia do nosso "Joãozinho das Festas" é prolonga-lo por mais uns meses. Neste momento a única forma de atrair atenções sobre a sua pessoa é "maquinar" mais esta palhaçada!
O objectivo do nosso "idolatrado" chefe é reforçar o apoio popular.
Com a demissão faz-se de vítima perante a opinião pública, merecendo assim a pena dos seus eleitores! Já na campanha eleitoral vai gritar bem alto pela independência, tipo guerrilheiro da resistência fora da validade!
E os madeirenses como crédulos e ingénuos que por vezes são, vão dar exactamente o que o "menino birrento" quer: apoio incondicional e uma votação histórica a seu favor!
Aproximam-se tempos dificeis e não serão certamente para o Governo Regional, nós é que vamos pagar as favas porque, por mais que desejemos, não temos capacidade para nos auto sustentarmos.
Se calhar é desta que alguns dos nossos campos abandonados voltam a ser cultivados!
A única certeza que tenho é que quem vai ser sangrado no meio de toda esta confusão vamos ser nós! E acreditem, o tio Alberto tem testículos para isso e muito mais!
NS

Anónimo disse...

é a estrategica politica mais espetacular nos ultimos anos...
Só possivel de quem adora a nossa terra...força Alberto João...

João M.R.Alves

Marco Nunes disse...

Tudo por uma questão de guerrilha política, que mal tem uma lei de finanças regionais, que só vem exigir mais responsabilidade dos dinheiros públicos, dinheiro de todos nós.

Não vai ser as eleições que vão fazer mudar a lei.

Acho que devemos dar outra vez o voto a AJJ, para que ele mostre que tem os "ditos" no lugar e acabe com as sanguessugas, se ele assim o fizesse e gerisem melhor talvez ainda tivesse mais dinheiro por usar.

A MAMADEIRA está a acabar...

Nuvem disse...

Bem o nosso governo e o nosso ex-presidente é dado a muito espectáculo e festa e gosta mt de ser o centro das atenções, nisto os jornalistas ainda ajudam mais e os do continente estavam ontem muito mais preocupados com ele do ke os próprios madeirenses´a não ser os srs. deputados e os ke teem cargos altos ke ontem devem ter andado com o tomates deus sabe onde... Isto xeira-me a estratégia política ele nunca deu ponto sem nó e não será desta vez penso eu... Alguma na manga ele tem... Ganhar tempo? kem sabe... saberemos em breve xeira-me...

Alexandre Mendonça disse...

Ao menos foi homem de palavra, já o tinha dito a algumas semanas atrás e limitou-se a cumprir. Tudo o resto devia ser comentado por alguém que entendesse de ciência política. Mas verdade seja dita que quando se ouve ou lê a notícia de que se perduou a dívida a Moçambique da Barragem de Cahora Bassa, que até era uma dívida superior a da Madeira e dos Açores, mas nós somos um país mãos largas, e o Tio Alberto e smp o mau da fita. Eu sei que nos é complicado pensar como seria se fosse outro a governar a Madeira durante estes anos todos. Teria feito melhor?? Teria tido pulso forte?? (Nem sempre com razão mas forte) Não sabemos não e verdade.
Quanto a pergunta do que acho da atitude, é só dizer que de facto e o povo que manda, e foi assim que o Prof. Cavaco conseguiu a sua 1ª maioria absoluta... Vamos a ver o que acontece na Madeira... Ahhh e quem achar mal e concordar com os cortes, é porque não tem noção de muito coisa, e devia vir pro continente português para poder comparar a qualidade de vida. Vive-se muito bem na Madeira, melhor do que em qualquer outra zona do país, mas vai mudar, e nem aqueles que concordam com as reduções orçamentais vão gostar da mudança.

Tenho dito, votem em consciência, no que acharem melhor para a Madeira, eu não tenho dúvidas de em quem votaria.

Anónimo disse...

Que grande manobra politica.
Aprendam socialistas...
aki está a prova (a ver vamos)que João Jardim tem-nos no sitio.Ele não é um Grande PSD é um GRANDE CRÂNIO e desses não não noutro partido.e já agora o problema é dos testiculos, ele deve ter é "tomates" e dos biológicos.

Anónimo disse...

um abraço do alentejo para o compadre.
nao keria commentar apenas perguntar aki ao sr Joao
M.R.Alves osr keria dizer estrategia politica ou carnavalesca?
sabe não entendi bem e a epoca tambem nao ajuda...
o k vale k ninguem leva a mal..

Bragado atento disse...

Lá se vai a maminha do nosso deputado ~Mestre João Gabriel, tava já mais ou menos habituado a xuxar sem abrir a boca, olha agora vem uma desgraça destas e tudo se acaba. Vai voltar a ser professor que é o que ele mais gosta de fazer. O Moisés, esse sim, cá vai continuar de certeza porque já tá lá feito no partido e pelo menos já vai abrindo os queijos de vez enquando. O Coronel, esse sim, é que deveria sair porque ele é que governa esta terra e câmara de Santana e já estamos fartos dele. O Dr. Alberto João está a dar sinais de fraqueza, isso sim e estamos a ver as coisas mal paradas, porque quando falta dinheiro tudo se complica. A Madeira a partir de agora vai andar para tráz, não se esqueçam disto, porque andamos muitos anos a mamar dinheiro da CEE e agora acabou-se.

Anónimo disse...

Ai a vida, o sr Alexandre então, brilhante raciocínio.
Primeiro vou pedir-lhe desculpa (ao sr Alexandre) pois não me vou identificar e isso ele pode contestar. Mas baste ter visto o jornal da Uma da SIC, penso que vê a SIC aí em Cuba, ao menos vai aprendendo o que é o pluralismo,a liberdade de imprensa de expressão entre outras, se viu o jornal ficou a perceber o porque de não me identificar ( eu e 90% das pessoas que aqui comentam e por vezes por assuntos banais), nesse noticiário foram entrevistadas algumas seis ou sete pessoas em plena baixa do Funchal, e conclusão? Ninguém quis falar, todos disseram que não lhes interessava, só falou uma senhora a favor da demissão, os outros até baixavam a cara e andavam para a frente, porquê? Pela mesma razão dos 90% já aqui referidos, por temerem pelos seus trabalhos (ou por pressão no local de trabalho), por serem catalogados de comunistas, colaboracionistas e afins só por expressarem a sua opinião, que regime é este?
É o regime que num comunicado tão solene usa uma analogia banal,"imaginem que estão a fazer uma casa e o banco tira-lhe so dinheiro porque não gostam de si"...por esta explicação se vê o nível do público alvo (infelizmente).
Folgo também que o sr. Alexandre considere que se vive melhor na Madeira que em outra região do país. Em que Madeira? A sua? Do segundo concelho mais pobre do país? Com o poder de compar mais baixo do país? Daquele que tem problemas sociais graves, como por exemplo o alcoolismo, o abandono escolar e até mesmo a toxicidependência? Pois bem, tenho pena sr. Alexandre (pois até sou seu amigo) mas não podia deixar passar esta oportunidade. Um abraço e já agora não te queres filiar no: Movimento Lombo dos Clérigos a Cidade...olha que visionários da CMS consideram que o futuro está ali, bem escondido mas está!

Anónimo disse...

"Recandidato-me porque, em minha opinião pessoal, acho que a Madeira não merece passar a ter um Governo de medíocres, de incultos, de traumatizados sociais e de subservientes a Lisboa."

Amigos não foi eu que disse isto, não tinha capacidade para tanta criatividade, houve quem pensasse que era Carnaval, mas imaginem, foi mesmo isto que foi dito. Traumatizados sociais... é com cada uma!

Anónimo disse...

o sr alexandre mendoça nao fale de qualidade d vida na madeira pk em roma era pao e circo na madeira é obras e circo.venha ao alentejo comparar a kualidade de democracia em relaçao a da MADEIRA.
um abraço do marco decio

Anónimo disse...

Amigo do Alentejo, convença-se que a politica não é pra todos e pelo seu comentário, dá pra ver que não é pra si.
Mas como não me cabe a mim dar lições politicas, deixo a procura de um explicador por sua conta, mas que seja um madeirense, para que fique bem esclarecido.
Já agora, conheceu a Madeira à 20 anos atrás?
Um abraço.

Anónimo disse...

Interessante a lógica de um dos comentadores sobre o perdão da dívida a Moçambique. Que injustiça! Como foi possível esse "indulto"?
Já li em muitos lugares uma relação de "exploração colonial à Madeira vs investimentos nacionais na Região" e ainda nos estavam a dever uns milhões (pelos vistos não os vão pagar tão cedo). Gostaria de ler uma outra relação sobre a "exploração colonial a Moçambique vs Contribuições portuguesas para Moçambique", e gostaria claro que incluíssemos a escravatura durante séculos (será possível traduzir em euros uma sangria humana?), a exploração económica intensiva durante séculos, e ainda a descolonização forçada que levou a uma guerra civil de 20 anos.
Que moral temos nós para reclamarmos de uma "divídazeca"?
Haja bom senso e esclareçam-se!

Anónimo disse...

isto é uma perfeita idiotice, está visto que o homem perdeu o juizo e já não faz nada de jeito, só pensa nele e no seu poder absoluto.

vergonha, vergonha

Anónimo disse...

Isto é mais uma palhaçada á moda de AJJ.
Julgo que desde este anuncio que ha alguns daqueles que passam a vida ao telefone na Assembleia ou então a dormir devem estar com insonias.
Realmente se isto é ter testiculos, então porque não acabou o mandato mesmo mudando algumas regras durante o "jogo"?
Houve mêdo de não poder continuar a dar de "mamar"aos amiguinhos que fizeram fortuna á custa de AJJ.
Assim terá mais uma oportunidade de se armar em vitima de Lisboa.
Como escreve alguem num comentário anterior "vamos todos votar AJJ" para ver se realmente ele é capaz de cortar as raizes das "plantas" que infestam esta Madeira.
Atenção muitos deles ja começaram a sair daqui com as suas empresas,porque sabem que a mama está sêca...
RN

Zé da palha disse...

Concordo com o Dr. Alberto João e até acho que muitas pessoas deviam fazer como ele - denitirem-se - caso de presidnetes de Câmara (o de Santana) e de algumas Juntas de freguesia, para ver como reagiriam as pessoas. Eles estão acostumados a certas e determinadas jogadas que se faltar alguém vai pedir também a demissão

Anónimo disse...

A propósito de um cometário anterior, "se se lembram da Madeira à 20 anos". Venho lembrar o seguinte.
Se não entrássemos na UE (antiga CEE) o que seria da Madeira mesmo com o AJJ?
Reparem, perdurou mas foi a mamisse, com rios de dinheiro, que dava para fazer o dobro, desde que não houvesse tantos a "mamarem".
Se agora cortaram uns eurozitos do Continente, já é o que é, imaginem senão viesse dinheiro nenhum como veio, o que não seria?
Não sabem "produzir" nada, nem incentivar à produção, promoveram durante 3 décadas a subsídio-dependência, isso foi o que aconteceu, à custa de entrarmos na UE.
Acabaram com a agricultura, e outros sectores, enviamos as nossas nobres gentes para o estrangeiro comerem o pão que o diabo amassou, hoje eles não querem voltar para cá, porque será? (se temos tanta qualidade de vida)
Pelo meio disto tudo ainda se falou em independência da Madeira, gastaram-se balurdios em Estudos-de-viabilidade económica para uma Ilha Independente (Republica do AJJ e Amigos), e para quê? para assistirmos a isto?
Mas estamos a brincar ou quê?
Há vinte anos eu ia ao centro e não pagava nada porque os impostos sustentavam a coisa, agora cobram-me impostos e cobram-me a consulta. Porquê?
Há vinte anos punhamos as crianças na escolas sem pagarmos nada, hoje, pagamos em funcção do que ganhamos + impostos. A isto chamamos o quê? Desenvolvimento?
Para darem ao futebol e às empresas amigas, e amigas das amigas?
De que serve ter estradas senão há trabalhos/empregos? De que serve ter promenades e tal e coisa?, se apenas servem para promoverem narcotráfico, continuando a existir pobreza e problemas sociais como também foi acima referido?
Veja-se por exemplo, quem tem "piscina-ou-qualidade-de-vida" em casa? se são os Madeirense que trabalhavam a agricultura (à vinte anos) ou certos amiguinhos (sem necessitarem de emigrarem)?
O "compadre" Alexandre que repare o que lhe espera. Quando voltar com o canudo, acha que vai conseguir trabalho? (ou tem alguma cunha-na-manga para esse problema?) Se tinha cunha nem precisava ir comprar o canudo, penso eu de quê. Ou então, quando tiver o canudo vai convencer-se que tem andado mal informado, e ficará pelo Continente que mesmo sem qualidade de vida, sempre consegue viver melhor que em Santana.
Isso é que estou para ver. Aguardemos então. Depois até faz como eu, fará comentários curiosos, sem deixar o nome, com medo de perder o emprego ou que lhe atinjam a familia, como já vi acontecer...
Medo = Défice Democrático, ou falta de Liberdade de Espressão?
Viva o AJJ, realmente o Homem tem-los no sitio (até agora, pelo menos).
Como é Carnaval, ninguém leva a mal :)
Cumprimentos a todos.

Anónimo disse...

Isto está a esquentar ou é impressão minha?
Vai um dúvida, tipo a "dúvida da ARARA - no DN":
- Será que este Blog irá ser suspenso ainda antes da eleições do AJJ em 2007? (mesmo que até possa voltar depois).
Fico à espera de ver os próximos episódios. Fico a rir, já que falam sempre em Carnaval?
Podemos tornar esta dúvida numa aposta?
Força nas canetas.
Parabéns ao Blog (enquanto ainda está "no Ar"). Parece que o Blog está a causar comuchão desagradável a muita gente, coisa em que nunca ninguém acreditava até agora.
Com eleições à porta este tipo de blogs não costuma ser muito aceitável.

Alexandre Mendonça disse...

Bom se calhar o meu comentário foi demasiado simplista, e concordo com o caro amigo anónimo quando fala em vários problemas que existem na Madeira como problemas de expressão, que até aqui neste blog também existem, mas isso será só por causa da estrutura política?? Ou não será também por causa da mentalidade mesquinha quem temos?? Não falo do caso deste anónimo, pois fala sempre sem ofender, mas quantos comentários já vim não dirigidos á minha pessoa, mas muito ofensivos eram de certeza. "Nós" nem nos assumimos como nós próprios e falamos de problemas de expressão.

Reflita sobre esta frase:

"Nunca vi um perneta a treinar para a maratona, nunca vi um mudo dar aulas de dicção, mas os padres insistem em dar conselhos sobre a reprodução e a sexualidade."

Quanto ao facto de eu ser do segundo concelho mais pobre do país, eu acho que é uma ideia errada, pois tenhamos em atenção o facto do estudo ter como base as trocas de fluxos de cada concelho, como Santana tem pouco comércio, é natural que os fluxoas sejam mais baixos, pois toda gente vai comprar fora do concelho. Ejá agora a qualidade de vida tem a ver com o bem estar da população e não apenas com o que dinheiro disponível, mas nesse aspecto, veja você que viver em Santana com menos dinheiro do que por exemplo em Aveiro é na mesma sinal de aumento da qualidade de vida.
Quanto aos problemas da Toxicodependência, do alcool, abandono escolar, se você conhece esses problemas eu também os conheço, se quem pode fazer alguma coisa não faz, aí já não tenho culpa, "uma mão lava a outra e as duas lavam a puta das ventas".

Ao anónimo, novamente porque será!?!?!?, que fala sobre Moçambique e á minha referência, vejamos sim exploramos Moçambique, mandaram-nos embora de lá andaram não sei quanto tempo em guerra, tem um país todo destruído, montes de emigrantes ilegais viajam até Portugal todos os anos, e Portugal ainda lhes dá umas "Gorjas" pois sente-se culpado de não ter enchido os bolsos ás suas custas.

Meu caro amigo Marco Décio, concordo contigo que a parte de na Madeira é obras e circo, mas foi assim que a Madeira cresceu, nem sempre bem, as vezes á pressa, e como a pressa é inimiga da prefeição cresceu mal, o circo vai enganado o povo, e pode não se desta mas algum dia há de ser pois até o AJJ, vai se sentir cansado e vai sair do poder. O défice democrático noto issencialmente na capacidade argumentativa dos meus colegas universitário continentais, sejam eles Alentejanos ou de Trás-os-Montes. Tem um contacto diferente com a realidade, uma aboradagem diferente, maior contacto com cultura diferentes, e nós Madeirenses somos muito introvertidos.

Tou-me a alongar mas é pra responder a todos.
Aqui o "compadre" Alexandre não sabe se vai ter Factor "C" até porque não está descartada a hípotese de ficar por cá, portanto, não percebo a lógica do seu raciocínio, se calhar você até teve esse Factor "c" do seu lado. O ficar aqui não tem nada a ver com a qualidade de vida, mas sim com um maior número de possibilidades de emprego, que se abrem cada vez mais até aos países estrangeiros... Be wise, "se aqui não dá vamos tocar pra outra freguesia"

Abraço a todos.
E ão percebo porque é que a minha opinião ter levantado tanta polémica, espero que tenha ficado por aqui, afinal de contas se fosse pra explicar a decisão do AJJ, era melhor ter pedido ao próprio, pois deve saber bem melhor do que eu. e Novamente quem concorda com os cortes orçamentais, ainda se vai arrepender do que diz, mas pelos vistos toda gente acha que é só o AJJ e amigos que ganham com esse dinheiro...

Abraço.

Anónimo disse...

Meus amigos bla bla bla...bilhardices longas que não há paciencia...o cerne da ques tão é esta, o A.J.J. tem-nos no Sítio sim senhor!Porque não tem medo a ser sufragado novamente para uma nova maioria!
Não venham com as desculpas do sistema,do compadario...pois o voto é secreto.O povo pode estar de olhos fechados mas não é burro!Daaaaa!!! O povo é que é soberano!

amsf disse...

Sr. Alexandre
Para sua informação a Barragem de Cahora Bassa não foi entregue de mão beijada...foi vendida por c/ de 900 milhões...se vão pagar ou não isso não lhe posso dizer!

Anónimo disse...

Alexandre, o Grande...sim senhor!!!
Gostei de ver...foste muito claro e muito conciso...Parabéns, Alexandre, só não me identifico porque os outros não tem nada a ver com o que escrevo e pq tb n venho cá dizer mal de ninguém. Quem quer falar mal ou fazer comentários menos abonatórios, pelo menos tenha a decência de se afirmar, de se identificar.
Não imaginas quem eu seja, mas conheço-te perfeitamente e gostei das tuas palavras. Noto também que o Curso te tornou mais maduro, mais adulto...continua assim...lutando em favor da nossa terra e sem medo de te esconderes por baixo do anonimato.
Parabéns mais uma vez!!!E que a "música" tb não te saia do coração:))))

Alexandre Mendonça disse...

AMSF,

http://dn.sapo.pt/2006/10/27/economia/barragem_cahora_bassa_abate_milhoes_.html

Espero que seja informação útil. Abraço a todos.

Ahhh e só pra que conste eu antes de fazer o 1º comentário já tinha procurado esta informação.

Anónimo disse...

E não é que o Alberto João vai ganhar mais uma vez.Só tenho pena é que à sua custa vão aparecer novos deputadinhos ,que só sabem dizer mal mas que aproveitam a boleia para se sentarem á espera de chegar ao fim do mês, como pode vir a acontecer com o actual vereador do PS por Santana.Deus nos livre de tal rasca.Mas tudo é possivel até pelos exemplos no dito partido:jacinto,vitor,só escumalha.... e ainda querem ser poder.

Anónimo disse...

Estou muito feliz mesmo,ao ler certos comentarios aqui neste blog...Vejo que ha pessoas de olho aberto, na madeira...E concordo perfeitamnte com akeles 90% k um dos anonimos referiu...E so vou responder ao sr.Alexandre, na questao que colocou sobre imigrar...pois bem eu sou uma imigrante, e nao pense que imigrar e pera doce...E preciso ter "testiculos"...(Como diz o seu idolo politico)...Nao pense k o seu futuro canudo lhe vai dar acesso imediato a um trabalho num pais estrangeiro...E preciso lutar mesmo muito para se ser reconhecido no estrangeiro, e ter futuro por la...

Eu falo pois sou uma imigrante em inglaterra e sei mto bem do k falo...E tenho nocao das outras realidades em outros paises...

Pois bem, o concelho k lhe daria (se mo pedisse)...Era o seguinte acabe o seu curso e va para a madeira, ajude a madeira a progredir na saude, no ensino e em outras areas igualmente carenciadas...Ajude a sua terra, e nao pense em ficar por ai ou imigrar...Com tanta garra k vejo em si...A madeira talvez precise de si...(isto de falar e de opinar e mto bom, mas o k e preciso mesmo e mostrar trabalho na nossa santa terrinha..

Uma Imigrante...

Anónimo disse...

Isto mais parece o blog do Alexandre.Porquê? Porque ele defendeu a sua terra e o Alberto João.Não tem esse direito?Então a maioria do povo madeirense não tera
direito a opinar.Será que os" outros" é que têm todas as virtudes?.Em breve saberemos quem tem razão.Força Alexandre .Força Alberto João.Defende sempre as tuas convicçoês.Aqueles que não aceitam outras opinioês devem estar em Cuba.

Anónimo disse...

VIVA O PLURALISMO DE IDEIAS.
"Quem não é por nós´
é contra nós"
Realmente evoluímos muito. Vejamos, num Mundo cada vez mais globalizado, ainda aperece alguém a dizer que quem não é por nós que vá/venha para Cuba. É de rizos mesmo, ficam na Ilha só os que defendem a Madeira, depois chora-se a pedir que apareçam turístas, como estende-se a mão à UE para darem dinheiro, etc etc.
Ao que chegou a mediocridade, realmente.
Ao amigo Alexandre gostei do teu raciocínio, verdade mesmo, pois também deixas o nome. Mas... É para "dar graxa" aos que poderão acudir num futuro? Quando fazes as críticas deixas o nome? Ainda não vi uma critica tua a certas coisas que se se passam aí na Madeira, porquê? Em tua opinião é tudo perfeito?
Esses comentários a deixarem o nome, mais parecem alegações de não querer ficar mal com niguém.
Reparemos todos uma coisa, nem os que defendem com unhas-e-dentes o Grande AJJ, (repito) nem esses mesmos deixam aqui o nome, alguém sabe porquê? (e eles andam aqui em cima disto, eu sei que andam) :)
Defendam o AJJ e deixem o nome, pois nesse caso não têm nada a temer, pois não? :)
Será que para defender a Madeira é necessário viver na Madeira?
Cumprimentos a todos.
P.S.: "Bamos todos botar no AJJ :) - Boby & Tareco busca, busca"

Anónimo disse...

Folgo em concluir que existem temas que merecem muitos comentários aqui no blog, sem ser a UD de Santana. Contudo a discussão tem andado muito à volta do anonimato ou não dos intervenientes. É um facto que a grande maioria não se identifica, e penso que não é preciso ser um génio para saber os porquês, e isso é uma carência a nível da forma como a nossa sociedade interpreta a democracia e a forma como a mesma é exercida na nossa terra. Um anónimo que conhece os porquês.

Alexandre Mendonça disse...

Após um fim de semana em Coimbra e bem longe das novas tecnologias e não podia deixar de responder a este comentário.

Ainda não vi uma critica tua a certas coisas que se se passam aí na Madeira, porquê? Em tua opinião é tudo perfeito?

Primeiro é pena ser novamente anónimo, é que eu preferia tratar as pessoas por "tu". Mas indo ao que importa, claro que na Madeira nem tudo é perfeito, nenhum regime político é perfeito, nem mesmo a democracia o é. Mas não foi por esse facto que não apontei os defeitos, mas não foi isso que foi pedido pelo berdades.
Depois não se tratou de "dar graxa" nem de defender o AJJ, tratou-se sim de mostrar a minha posição em relação á política do governo da república no que concerne á lei das finanças locais. A única coisa que disse em favor de AJJ foi que tinha feito muito bem em assumir, cumprir a sua palavra, e que tinha feito a Madeira crescer, nem sempre bem, mas fez, acho que foi isto que eu disse. Já agora se há algum problema de maior com a governação que já vai longa do AJJ porque é que as instituições Nacionais e Europeias com poder para averiguar as falcatruas, nunca lhe "cairam" em cima?? Já aconteceu na Madeira em Santa Cruz.
E se acham que o AJJ criou esta "fantasia de carnaval" para poder passar a batata quente, então bora votar nele que é para isso não acontecer.

Quanto ao anónimo emigrante, eu não estava a disser que emigrar era facíl, tenho família no estrangeiro e sei o quão duro é para eles, mesmo eu não estando agora na Madeira as vezes custa, estava apenas a colocar uma hipotese.

Abraço a todos e desculpem a conversa de café.

Anónimo disse...

Alexandre,
É para informar que agora gostei de tua moderação, "amadurecestes em Coimbra"? Coimbra é Coimbra, apesar de reconecer que Aveiro parece melhor nos dias de hoje, mas falta "história", falta gente de Aveiro nos Governos, para Aveiro não ser melhor apenas nas estatísticas :)
Depois da ída a Coimbra pareces mais razoável.
É como suspeitava és inteligente, muito mesmo, mas.... quando queres.
Cumprimentos

hsilva disse...

axo que o AJJ dá protagonismo e valor a todos os madeirenses quando toma estas decisoes que podem parecer birras, mas são claras mensagens politicas. reclamou de maneira democraticamente legal e mostra que está descontente. foi genial porque pelo menos o dinheiro para a campanha vão ter que lho dar e porque mostra que ele os tem no sitio. porque independentemente da cor que se seja, neste momento a opçao certa é AJJ: 1-será mostrar que não somos como o resto do país que se calou com as novas leis 2-porque mudar para a cor do governo só nos iria prejudicar mais, porque o governo central nao vê os gastos que a madeira têm(e nem os entende) e ter 1 governo da mesma cor que aceitasse todos os cortes seria no minimo estupido..
e apesar de defender o voto em AJJ, que isto sirva de exemplo a todos aqueles que nao gostam dele: usem todos os modos democraticamente disponiveis e toda a comunicaçao social para reclamar dos erros dele, a boa politica e o povo faz-se ouvir é mesmo assim, não é falando nos cafés ou em casa...