16 fevereiro, 2009

Ocorrência no final da tarde.

Um incêndio ocorrido hoje, pelas 19:15 horas, no Sitio da Achada do Gramacho, Santana, deixou sem casa a senhora Antónia Andrade do Espírito Santo, mais conhecida por "Vizinha Pinga Sono". A origem do mesmo, segundo conseguimos apurar no local, deu-se quando a "vizinha" acendeu uma vela para iluminação da casa onde morava [como era costume todos os dias, apesar de possuir luz eléctrica] e, ao que se julga, a mesma terá caído sobre a roupa da cama tendo de imediato deflagrado um incêndio de grandes proporções. A tragédia só não foi maior porque nas nas proximidades da casa estava o Sr. Alfredo (dos Bragados) que tendo ouvido os gritos da "vizinha", valeu-lhe no pronto socorro, tirando-a de dentro de casa quando as chamas já consumiam o seu interior. Um acto de coragem e solidariedade a esta nossa "vizinha" que no ano em que completou 88 anos de idade apanhou este enorme susto!
No local compareceram os Bombeiros de Santana que de imediato controlaram as chamas, bem como a PSP local que tomou conta da ocorrência.

5 comentários:

Scherzan disse...

Ainda bem que não passou de uma susto.

antonio martins disse...

cuitada da velhinha,sera que tem alternativa para viver,filhos,outros familiares?

Anónimo disse...

Acho que a Câmara deveria cortar um mês em cada clube para reparar a casa dessa e outra pessoas que bem precisam.
Enfim, vamos ver quem vai ser o candidato a apresentar uma proposta identica.
Bom dia a todos :)

Anónimo disse...

Para mim é a diferença de gerações e mentalidades: Usos e costumes muito arraigados!
E um abismo de desenvolvimento entre o antes e o agora...
Ora a mulher ter electricidade e ter por hábito acender 1 vela?!
E ainda por cima com este epiteto de "Pinga Sono"?!
Tem de ter mais cuidado!
Bem haja ao Sr. Alfredo que socorreu a mulher a tempo. Parabens!
MFC

silvia_vdfr disse...

Que tristeza... os danos sao materiais mas de certeza que deste tipo de susto a mulher nao estava a precisar !!!