07 maio, 2009

Veteranos do Santana em Mortágua.

Foi mais uma grande jornada de promoção de Santana desta vez no centro do país.
Os veteranos deslocaram-se até terras situadas entre Coimbra e Viseu.
O torneio teve lugar em Santa Comba Dão, terra vizinha da localidade onde nasceu e se enterrou Salazar.
Foi o retribuir de uma visita efectuada no ano passado a Santana pela equipa de veteranos de Mortágua.
A deslocação começou na quinta à noite e só terminou no final do dia de domingo.
Ao que consta foram todos excelentemente recebidos...dizem que não há palavras para descrever tamanha forma de receber quer pela equipa de Mortágua quer pela equipa de Santa Comba, local onde se realizou um torneio.
Os momentos de convívio foram muitos e até houve lugar ( como já é da praxe) aos tradicionais e sempre inflamados discursos do Fernando Marques .... foi mais uma verdadeira lição de Portugalidade e de afirmação autonómica no continente. Alberto João não faria melhor.
Já me ia esquecendo, mas dentro do campo os de Santana conseguiram um brilhante 4º lugar com apenas uma derrota e dois empates.
Dos diferentes contactos estabelecidos no ar ficou a possibilidade de uma deslocação a França e um eventual regresso a Santa Comba.... os convites já estão formalizados.
O filme do discurso

* De Mortágua, o correspondente do Berdades. Braz das Neves

7 comentários:

Anónimo disse...

Caro amigo Berdades onde estão as fotografias deste passeio? Coisa rara fazer-se reportagem neste blogue que não sejam acompanhadas de excelente reportagem, como no caso da digressão dos jovens ao Porto Santo.
Parece que esse correspondente Braz não tinha máquina fotográfica.
Mas o discurso daquele veterano, que pelo sotaque, deve ser veterano do Mortágua, estava inflamado qb.

Anónimo disse...

Parabens!
MFCC

Jogador de bilhar disse...

O Berdades é como o compadre Jodé: tem primas em todo o lado, neste caso até correspondentes do blogue em portugal continental. Mas realmente faltou as fotografias para complementar a reportagem.
O autor do discurso é o prof. Fernandes Marques que apesar do sotaque "cubano" é veterano do Santana, mas é natural do continente, julgo que da Mealhada, mas residente na Madeira há muitos anos.Lembro-me dele quando jogava no Santana, era um excelente jogador, um quebra-cabeças à defesa contrária, mas hoje parece que esse dom passou para a língua/palavra! Se Alberto João sabe disso já tem convite para as cerimónias de inauguraçãoes ao lado do Vasco.

Anónimo disse...

Sinceramente ainda não percebi o que tem este discurso a ver com o futebol. Alguém pode explicar-me?
MCF

silvia_vdfr disse...

LOL... bom convivio !!

Anónimo disse...

Há gajos que não aguentam uma mini-sagres....hehehehe

Pamela Marques disse...

Grande Pai Fernando!! tenho muito orgulho em ti! ainda há 1 semana tive na tua Terra e foi com agrado q ouvi da boca de professores, jogadores, jovens, idosos, até de 1 coveiro q tu és BOA GENTE és do povo!! adaptas-te a tudo, tens o dom da palavra e fazes amizades e todo o lugar q vás...é pena q certa gentinha anónima (nem coragem têm de se identificar) te reconheçam!! Não se pode agradar gregos e troianos! O Futebol é jogo, é união e oh anónimo tás fora de jogo! (p.s fala coração de filha q ama pai) Pamela Marques